Ney Franco alega que VAR foi detalhe principal na derrota da Chape para o Atlético-MG
Foto: Márcio Cunha, Rafael Bressan / Chapecoense

Ney Franco alega que VAR foi detalhe principal na derrota da Chape para o Atlético-MG

Equipe de Chapecó foi derrotada em casa por 2 a 1 pelo Galo; técnico pontuou as principais dificuldades do time verde

beatrizfabbri
Beatriz Fabbri

O retorno da Chapecoense ao Brasileiro Série A após a parada da Copa América não foi como os torcedores desejaram. Com uma derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, na Arena Condá,  o time verde mantem-se na zona de rebaixamento, em 18º, com oito pontos. Ney Franco, técnico da Chape, destacou qual elemento foi o destaque principal da partida: a atuação do VAR

"Foi um jogo extremamente difícil, como tem sido todos os jogos do Campeonato Brasileiro. Jogo equilibrado, que a gente sabia, falamos com atletas que era para ser definido em detalhes A gente esta sujeito a tudo, erro nosso, erro individual de algum atleta e no jogo especificamente hoje acho que o detalhe foi mais uma vez um pênalti não marcado para nós, em relação ao VAR, principalmente no pênalti do Alan. A nossa equipe foi a que mais sofreu, que mais teve pênalti marcado contra dentro do campeonato, eu nem cobro isso. A segunda vez que o árbitro nem vai lá analisar o VAR. A gente sai lamentando, não tem controle."

O comandante também falou sobre o jogo, analisando os melhores momentos da equipe de Condá e lamentando a falta de oportunidade para marcar o empate.

"A equipe fez uma partida sólida, em alguns momentos o Atlético foi melhor que a gente dentro de campo, outros momentos a gente. Tivemos uma proposta depois do gol, marcar forte e explorar o contra-ataque. A gente teve oportunidades para chegar e fazer o segundo gol em contra-ataque, mas infelizmente não conseguimos fazer o segundo gol, principalmente no primeiro tempo que poderia nos dar uma tranquilidade maior dentro da partida."

O treinador também respondeu durante a coletiva sobre as dificuldades da equipe durante os jogos do Campeonato Brasileiro, mesmo jogando em casa.

"Se você for olhar os números da partida você vai perceber que a gente criou mais oportunidades que o adversário. A gente cedeu muito escanteio e falta lateral, embora a gente tenha marcado muito bem, tem sido uma parte forte da defesa, mas acabou que o primeiro gol do Atlético originou de uma falta frontal. Números baixíssimos de aproveitamento, tanto da Chape como de todos os profissionais. Avalio que nós temos um elenco com qualidade, acho que esta faltando detalhe para a gente chegar e conseguir as vitórias dentro de casa. O que nos cabe é pedir desculpa principalmente para o torcedor que veio aqui na chuva, apoiou e empurrou o time o tempo todo."

A próxima partida da Chapecoense será na próxima segunda-feira (22), às 20h, contra o São Paulo, no Morumbi, pela Série A do Brasileirão.

VAVEL Logo