Chapecoense oficializa demissão do treinador Ney Franco
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

Chapecoense oficializa demissão do treinador Ney Franco

Saída do treinador era cogitada desde a goleada por 4 a 0 sofrida contra o São Paulo na última rodada do Brasileirão 

jullianapaulino
Julliana Paulino

Na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e com apenas cinco vitórias em 18 jogos, o treinador Ney Franco não resistiu aos maus resultados da equipe e se despediu do time catarinense nesta quarta-feira (24). 

Nesta temporada, o Verdão do Oeste carrega a marca de pior campanha da Chapecoense a datar do acesso à elite do futebol brasileiro, desde 2014 time não teve um início de Brasileirão tão defasado quanto esse ano.

Contabilizando a perda do título estadual para o Avaí, Ney Franco esteve sob o comando da equipe em 18 jogos, resultando em cinco vitórias, quatro empates e seis derrotas. Além do técnico, o auxiliar Rodnei também deixa a Chape. 

A saída do experiente treinador já era prevista desde a segunda-feira, quando a Chapecoense levou quatro gols no Morumbi, contra o São Paulo, todos eles no segundo tempo. Maninho, presidente da Chape, afirmou — ainda na noite do jogo, que mudanças aconteceriam na comissão, além de desculpar-se com o torcedor.  

Quem deve estar na beira do campo pelo duelo contra o Bahia no próximo domingo (28) é Emerson Cris, que assume interinamente. Emerson esteve brevemente à frente da equipe catarinense antes da chegada de Ney e obteve um aproveitamento de 83,33%. 

MEDIA: 5VOTES: 2
VAVEL Logo