Apesar das baixas para o jogo da volta contra o Galo, João Paulo acredita: "Podemos vencer lá"
(Foto: Vitor Silva/ SSPress/ Botafogo)

Apesar das baixas para o jogo da volta contra o Galo, João Paulo acredita: "Podemos vencer lá"

Botafogo perdeu o jogo de ida em casa por 1 a 0 e precisa vencer o Atlético-MG na Arena Independência

lucasoliveira
Lucas Oliveira

O meia do Botafogo João Paulo concedeu entrevista coletiva após as atividades com o elenco Alvinegro no Nilton Santos. O Glorioso se prepara para o confronto diante do Atlético-MG nesta quarta-feira (31), na Arena Independência, válido pelo jogo de volta das oitavas da Copa Sul-Americana.

Apesar da derrota em casa no primeiro jogo por 1 a 0, João Paulo acredita que o Botafogo possa reverter o placar somado diante do Galo. 

"Temos que buscar o equilíbrio. Não pensamos muito se vamos fazer cinco ou levar quatro gols. O que mais queremos agora é voltar a vencer. Vencendo em Belo Horizonte pelo menos levamos a decisão da vaga para os pênaltis. Se for por mais de um gol, já garante a classificação. Temos muita consciência do que temos que fazer. Não vai ser fácil como não foi fácil o jogo no Rio. Mas da mesma maneira que eles (Atlético-MG) venceram aqui, também podemos vencer lá (Arena Independência)", disse o meia.

Além da dificuldade de jogar natural de jogar contra o Atlético-MG na Arena Independência, o Botafogo terá problemas na defesa. Carli foi expulso no jogo de ida e Gabriel pertence ao clube mineiro. Com isso, Marcelo Benevenuto deve formar a dupla de zaga com Jean ou Alan Santos.

"Sabemos que vamos precisar improvisar algum jogador, mas temos nomes no elenco que podem fazer essa função e estamos tranquilos quanto a isso. Jean tem feito bons treinos com a gente na zaga. Não é um fator que preocupa, tem o Alan (Santos) que também já jogou de zagueiro e treina assim às vezes. Estamos bem servidos. Marcelo já provou seu valor, tinha sentindo um incômodo, mas agora está 100%. Será essencial para a gente", afirmou o jogador.

Perguntado sobre o mau momento que o Botafogo vive desde o fim da Copa América, João Paulo lamentou a sequência negativa, mas acredita na melhora do time.

"É um pouco chato, não gostamos de passar por uma sequência negativa. Mas temos muita confiança, trabalho está sendo feito, temos nos esforçado. Quando a gente se esforça, dá nosso melhor, daqui a pouco isso vira. Temos que acreditar, trabalhar forte", finalizou João Paulo.

VAVEL Logo