Victor Ferraz demonstra vontade de vencer clássico SanSão: “Clássico é muito importante”
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Victor Ferraz demonstra vontade de vencer clássico SanSão: “Clássico é muito importante”

Em coletiva antes do último treino preparatório para o clássico, Victor Ferraz ainda falou sobre Sampaoli e Daniel Alves

vv_cunha
Victor Cunha

Em preparação para o clássico SanSão do próximo sábado (10), que ocorre no Morumbi, o Santos treinou na última sexta-feira (9) no CT Rei Pelé. Antes do treino, Victor Ferraz concedeu entrevista, falando sobre sua relação com Cuca, sobre Daniel Alves, nova estrela do São Paulo e sobre o rodízio de Sampaoli.

Victor comentou a chegada de Daniel Alves e analisou o colega de profissão, exaltando sua qualidade técnica, mas avisando sobre a dificuldade de adaptação ao futebol no Brasil: “Ele terá um pouco mais de dificuldade para readaptação, difícil e competitivo (o Brasileirão). Não que não fosse competitivo, mas acontecia de por mérito dele estar no melhor time normalmente. Barcelona é muito acima do Girona, Eibar e outros times. Por ser o melhor, jogava nos melhores times. Aqui jogará num grande time, mas com nível mais parecido. Tudo muito igual e isso pode causar um pouco de dificuldade na readaptação. Mas vai jogar bem e é redundância, vai ser muito bom pro nosso futebol. E vai ser mais difícil ganhar prêmios individuais. Esse ano tá fogo!”.

O lateral direito também falou sobre a importância do clássico e sobre uma possibilidade de vitória, ainda mais se considerando que a partida será no Morumbi: “É um clássico muito importante, porque eu considero o São Paulo um adversário direto. Pelo time que tem, pelo treinador que tem, é um postulante ao título. Uma vitória em cima deles, na casa deles, faria a gente se distanciar mais”.

Jogar contra o Cuca, sim. Gosto muito, dele e da comissão técnica dele. Isso é especial. Contra o São Paulo, é especial por ser clássico, não por terem me procurado no início do ano. É mais um adversário difícil e quero conquistar os três pontos. Não é especial terem me procurado, fiquei altamente lisonjeado, mas estou focado em atacar eles o tempo todo e conseguir os três pontos”, disse Victor Ferraz.

Ele analisou o Campeonato Brasileiro também, falando sobre os times que ainda podem figurar na disputa pelo título, além dos que já estão lá: “Essas equipes que brigam em cima acho que vão brigar. Vão levar até o final e acredito nisso, mas não dá pra cravar que serão só elas. Está muito cedo. Corinthians, Internacional e Grêmio podem ter sequência como a gente, é possível e podem brigar. Até o quinto ou sexto (colocado) está muito próximo. Conhecendo o Cuca muito bem, ele vai motivar o time deles, dizendo que se ganhar do Santos vai a 24 pontos. Depois pega o Ceará em casa, com a estreia das contratações. Um jogo duro, mas se ganhar vai a 27. Eles têm um jogo a menos, podem chegar a 30, a gente tem 32. É uma forma de motivar, não tem como a gente não colocar o São Paulo (na disputa do título)".

Clássico é muito importante. Considero São Paulo um adversário direto, pelo elenco, treinador e contratações, essas e as outras. Sempre considerei um postulante ao título. Vitória lá seria importante para nos distanciarmos um pouco”, completou o lateral.

Victor Ferraz deu sua opinião sobre o rodízio de Sampaoli, que troca muitos jogadores de acordo com o time que irá jogar contra: “Eu prefiro jogar todas. Se eu pudesse, jogaria todas. Sampaoli roda bastante, arma o time de acordo com que pensa de melhor para determinada partida. Acontece comigo, com Jorge, com Sánchez, com todos que costumam jogar mais. Faz o rodízio sempre pensando no próximo adversário”.

Com 32 pontos, o Santos lidera a competição, seguido pelo Palmeiras, com 28. O São Paulo, adversário da rodada de número 14, soma 21 pontos, mas com um jogo à menos do que o restante dos adversários.

A partida contra o Athletico Paranaense foi adiada por conta da Copa Levain, que o time do sul do Brasil disputou na última quarta (7), vencendo o Shonan Bellmare por 4 a 0. A partida adiada será no dia 21 de agosto.

VAVEL Logo