Ricardo Oliveira volta a marcar após 15 partidas, e Atlético-MG bate Fluminense
Foto: Divulgação/Atlético 

Ricardo Oliveira volta a marcar após 15 partidas, e Atlético-MG bate Fluminense

O resultado manteve o Galo no G-4 e o Tricolor próximo à zona de rebaixamento

jessicaalbuquerque
Jéssica Albuquerque

Atlético-MG e Fluminense se enfrentaram neste sábado (10), no Independência. A partida foi válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Galo venceu por 2 a 1, com gols de Cazares e Ricardo Oliveira. Nenê descontou para o Tricolor.

O visitante começou controlando a posse de bola e no primeiro minuto teve a chance com Yony González, que recebeu o passe de Ganso e chutou para o gol. Mas a bola foi para fora. O Galo respondeu aos oito minutos, com Ricardo Oliveira. O atacante recebeu o passe de Chará e mandou na trave de Muriel. No entanto, a arbitragem já assinalava impedimento.

Aos 11', o Fluminense chegou com Pedro, que cabeceou para fora. Como mais uma resposta, aos 13', Chará bateu para o gol e a bola foi para fora.

A melhor chance do jogo ocorreu com Ricardo Oliveira. Após receber o lançamento, ele passou por Nino e, cara a cara com Muriel, demorou para decidir e o goleiro ficou com a bola.

Aos 26', após ganhar de Réver, Igor Julião driblou Ramón Martínez e chutou para o gol. Cleiton fez a defesa. Aos 30', mais uma vez Yony González teve a chance, mas mandou para fora.

O Galo então começou a pressionar. Aos 34', Ganso errou o passe e Igor Rabello tocou para Cazares, que chutou por cima do gol. Dois minutos depois, Chará tocou para Ricardo Oliveira, que chutou e Muriel salvou mais uma.

Após muita pressão, o Atlético finalmente abriu o placar, com Cazares, aos 41'. Patric cruzou e Digão tirou. O meia pegou a sobra e mandou para gol.

O alvinegro  voltou para o segundo tempo no ataque e aos cinco ampliou com Ricardo Oliveira. Nenê errou o passe e Elias tocou para o atacante, que voltou a marcar após 15 jogos em jejum.

Aos 11', o Fluminense chegou ao gol com o colombiano Yony González. Mas a arbitragem marcou impedimento. Na revisão do VAR, a irregularidade foi confirmada.

O Galo voltou a assustar aos 26', com Vinícius. O meia recebeu livre de Patric, mas a bola subiu demais e foi para fora. Aos 28', o Tricolor respondeu. Nenê chutou para o gol, mas a bola foi para fora.

Aos 35', nova chance para o Fluminense. Wellington Nem recebeu o passe de Ganso e bateu da entrada da área. A bola foi para fora.

O Galo chegou ao terceiro aos 43', com Alerrandro. Mas a jogada foi anulada, pois o jogador estava em posição de impedimento.

No lance seguinte, o Flu descontou com Nenê. O meia recebeu o cruzamento de João Pedro e bateu para o gol. Foi o primeiro gol do jogador com a camisa do Tricolor.

Após o final da partida, o camisa 77 foi expulso.

Como resultado, o Galo chegou aos 27 pontos na competição e permanece na quarta colocação. Já o Tricolor permanece com 12 pontos, na 16ª posição, próximo à zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Atlético enfrenta o Athletico Paranaense, no sábado (17), na Arena da Baixada, às 19h. O Fluminense recebe o CSA no Maracanã, no domingo (18), às 16h.

VAVEL Logo