Tiago Nunes evita criticar arbitragem e valoriza organização do Athletico
Foto: Divulgação/Site Oficial CAP

Tiago Nunes evita criticar arbitragem e valoriza organização do Athletico

Técnico evitou polêmica com o VAR e focou na atuação dos jovens jogadores rubro-negros

matheus-gabriel
Matheus Gabriel

O Athletico foi até o Rio de Janeiro enfrentar a equipe do Botafogo na tarde deste domingo (11), em jogo válido pela 14ª rodada do Brasileirão, e acabou saindo de lá com uma derrota pelo placar de 2 a 1. O mau resultado significa três posições a menos na tabela para o Furacão, que agora ocupa a 12ª colocação com 19 pontos e um jogo a menos.

Em entrevista coletiva após o jogo, o técnico do Athletico, Tiago Nunes, preferiu não falar sobre o VAR, já que um lance de pênalti a favor de sua equipe foi revisado no fim da partida, e a decisão de campo do árbitro - a de não marcar a infração - prevaleceu.

“Se ficar falando sobre VAR, vou perder meu tempo. Eles não merecem tanta moral assim. Não vou polemizar. Temos que valorizar os jogadores jovens que entraram, a organização que se manteve. Mesmo com pouco entrosamento e pouco tempo de treino desse time, conseguimos fazer uma boa atuação. De maneira geral, valorizar a atuação da nossa equipe. A nossa equipe direcionou treinamentos para esse jogo de uma maneira muito rápida. Não conseguimos focar no Botafogo”, disse.

O início da partida foi de muita intensidade por parte dos atleticanos, que, na visão de Tiago, tiveram a oportunidade de matar a partida e fazer o resultado.

“Produzimos para ‘matar’. Mas o sentimento é de justiça. O futebol é feito de oportunidades que você cria e oportunidades que você concretiza em gol”, comentou.

O Furacão agora foca na Copa do Brasil, onde enfrenta o Grêmio, pelo jogo de ida da semifinal, na Arena do Grêmio, na próxima quarta (14), às 21h30.

VAVEL Logo