Satisfeito com a atuação do Flamengo, Jorge Jesus exalta elenco e elogia torcida
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Satisfeito com a atuação do Flamengo, Jorge Jesus exalta elenco e elogia torcida

Depois de um primeiro tempo sem gols, o Rubro-Negro volta para o segundo tempo e Bruno Henrique marca dois gols contra Internacional pelo jogo de ida das quartas de Libertadores

jessierodrigues
Jéssica Rodrigues

Com mais de 66 mil torcedores presentes no Maracanã, o Flamengo marcou dois gols em cima do Internacional, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores. Bruno Henrique abriu o placar para o Rubro-Negro aos 29 minutos do segundo tempo, e apenas quatro minutos depois, aumentou para 2 a 0.

Além de estar satisfeito com o desempenho dos jogadores, o técnico Jorge Jesus elogiou também a participação da torcida, que marcou presença do início ao fim do jogo.

"Parabéns aos jogadores, ao torcedor, que mais uma vez empurrou a equipe para vitória. No Maracanã, já começamos ganhando por 1 a 0. Jogamos contra um adversário com uma ideia de jogo muito bem concebida, que defende bem, não tinha perdido na Libertadores e há cinco jogos não sofria gol. Mas encontrou um Flamengo muito experiente, que não foi a procura do gol a qualquer maneira."

Mesmo satisfeito com a partida, Jesus pontuou que o jogo ainda não está ganho, por isso é preciso atenção no encontro de volta, que será no Beira-Rio.

"Nada está ganho. Dois gols são dois gols e vamos ter que sofrer muito quando jogarmos contra o Inter", disse o técnico português.

Ao ser perguntado sobre como manter a organização do time mesmo com a flutuação dos jogadores, o comandante europeu respondeu:

"Temos jogadores na frente que são muito criativos, procuram espaços entre um e outro , e tentamos dar um trabalho coletivo onde todos sabem o que estão fazendo. Fica fácil ter essas ideias."

Exaltando a criatividade do time, Jorge relacionou a boa partida com os bons treinos durante a semana, em que ele movimentou bastante os jogadores. "Só joga bem quem treina bem. Buscamos a perfeição sabendo que é difícil. Tenho um grupo fantástico, que acredita no que está fazendo e torna as coisas mais fáceis.", completou. 

O que o Mister falou sobre os jogadores

Terceiro cartão amarelo de Willian Arão

"Não sei qual a forma que olhavam para qualidade do Arão. Mesmo antes de ser treinador dele, sempre achei que tinha muita qualidade e hoje tenho certeza. Está sempre em alto nível, é um touro, está numa rotação muito alta. Apesar de não jogar o próximo jogo, temos muitos jogadores naquela posição que nos dão garantia. Temos plantel. O próximo jogo é pelo campeonato e isso é que tenho que pensar. Vou trocar quatro, cinco jogadores sem que a equipe perca qualidade."

Incerteza de Gabigol

"Tenho o privilégio  de ter um departamento clínico de muita qualidade, que toma decisão em conjunto comigo. Temos que levar os jogadores ao limite do risco. Isso aconteceu com o Gabigol, Arrascaeta, Diego... Eles nos dão sinais, mas com a experiência de ver o jogador em campo conseguimos entender se está fadigado, carregado. Se o jogo tivesse sido em Porto Alegre, não levaria o Gabigol. Mas foi no Rio, tivemos tempo e resolvemos arriscar."

Gerson no banco

"Pensei bem antes de lançar Éverton ou Gerson, mas quando olhei para os três jogadores de marcação no Inter e não de organização de jogo, optei por ter um jogador mais ofensivo."

Ausência de Gabigol nos relacionados

"No jogo com o Vasco, ele saiu fadigado e sentiu a lesão que já teve. São poucos dias para recuperar. O departamento clínico fez um diagnóstico que não o tirou do jogo, mas que até o último momento ele poderia jogar. Nos primeiros dois dias, o Gabigol não treinou. No treino da manhã desta quarta, deu indicações positivas e o médico ajudou. Se fosse lesionar ou agravar, combinamos os três de arriscar: jogador, treinador e médico. Ele e o Bruno já jogam quase de olhos fechados e valia a pena o risco."

Os times se enfrentam novamente na próxima quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, em busca de uma vaga na semifinal da Conmebol Libertadores. Antes disso, pelo Brasileirão, o Flamengo pega o Ceará, no domingo, às 19h, fora de casa.

MEDIA: 4.9VOTES: 9
VAVEL Logo