Carille admite que Corinthians ficou devendo em empate com o Fluminense
Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Carille admite que Corinthians ficou devendo em empate com o Fluminense

Técnico pontuou que Oswaldo de Oliveira conseguiu fazer a diferença no Tricolor

julixnnag
Julianna Gonçalves

 A noite não aconteceu como  Fábio Carille imaginava. O Corinthians empatou em 0 a 0 contra o Fluminense, nesta quinta-feira (22), em Itaquera, em jogo válido pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. O treinador reconheceu as dificuldades do torneio, mas esperava um triunfo devido aos últimos jogos.

"A expectativa quando você faz um jogo em casa e pela nossa sequência nos últimos jogos é de vitória, mas passar para a semifinal da Sul-Americana não é fácil. O Fluminense mudou totalmente sua característica. A gente jogou, correu, mas ficamos um pouco abaixo na criação", destacou. 

Carille  justificou a escolha do atacante Vagner Love como titular no lugar do argentino Boselli e comentou a permanência de Mateus Vital entre os titulares, colocando Sornoza no banco de reserva.

"Depois da parada da Copa América, a gente achou a forma de jogar, algo que eu não tinha achado. Apesar do título paulista, a gente não vinha se encontrando. Uma hora faz mudança, outra não dá.  [...] Usar um 9 depende muito da característica. Nos preparamos muito para o que tinha o Fluminense. Pelo que o Fluminense vinha apresentando, as características do Love eram mais interessantes que o do Boselli". [...] O Vital tem melhor um contra um, é um jogador que tem esse lance pessoal. Sornoza é mais de toque, armação, de vir atrás com a bola. A ideia foi continuar com o Vital pelo que ele apresentou no jogo contra o Botafogo", explicou. 

O comandante comentou a mudança de postura do adversário em vista do Campeonato Brasileiro. 

"O Oswaldo esteve aí, falei com ele no vestiário antes do jogo. Ele participou do treino, veio com os zagueiros posicionados. Ele é mais na minha linha, convencional. Não dá pra fazer mudança drástica, mas hoje já teve diferença", concluiu. 

VAVEL Logo