Renato valoriza empate conquistado pelo Grêmio fora: "Um ponto tá de bom tamanho" 
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Renato valoriza empate conquistado pelo Grêmio fora: "Um ponto tá de bom tamanho" 

Comandante gremista ressaltou a qualidade do adversário, considerando bom o empate 

ritielimoura
Ritieli Moura

O Grêmio foi ao Morumbi e ficou no 0 a 0 com o São Paulo. O empate rendeu um ponto ao clube gaúcho, o que agradou o comandante Renato Portaluppi, que avaliou a partida.

"O São Paulo tá brigando pelo título, com uma equipe que joga somente uma vez por semana, jogando hoje no seu domínio. Então sem dúvida nenhuma era o favorito para a partida. No momento que a gente vem com uma equipe alternativa pra cá, enfrenta o São Paulo e leva um ponto... É lógico que a gente joga para ganhar, mas nem sempre vai conseguir. O São Paulo é uma grande equipe, um ponto tá de bom tamanho."

O comandante gremista foi questionado sobre a situação de Maicon. Na resposta, fez mistério.

"Informações nenhuma vamos passar. Ele tá fazendo tratamento, tá treinando. A escalação e quem vai jogar vocês vão ficar sabendo 45 minutos antes da partida de quarta-feira."

O futuro adversário gremista na Libertadores também foi assunto. Renato falou respeitar o Flamengo e a opinião do comandante Jorge Jesus, que disse que sua equipe tem o melhor futebol do Brasil, e elogiou seu trabalho.

"Eu ouvi da boca dele agora que o Flamengo tá jogando o melhor futebol porque tá em primeiro lugar, quer dizer então que se o Flamengo perder o primeiro lugar no final de semana não tem mais o melhor futebol? Se o Grêmio me der 160 milhões pra contratar eu vou montar uma seleção, aí eu vou ser obrigado a jogar o melhor futebol e ganhar. O Grêmio não gastou nem 10 milhões", afirmou.

"Joguei pelo Flamengo, pelo Grêmio. São dois grandes clubes, duas grandes torcidas. É óbvio que o Jesus sempre vai puxar a sardinha pro lado do Flamengo. O Flamengo joga um futebol bonito. É um confronto de gigantes. Onde tem a diferença enorme é financeiramente. Mas no dia vai ser 11 contra 11", completou o técnico.

Renato foi questionado ainda sobre quem considera o melhor técnico do Brasil. O comandante gremista afirmou que quem tem que avaliar é a imprensa.

VAVEL Logo