Barroca diz que Botafogo buscou a vitória diante do Inter e lamenta erros contra 'equipes fortes'
(Foto: Divulgação/ Botafogo)

Barroca diz que Botafogo buscou a vitória diante do Inter e lamenta erros contra 'equipes fortes'

Com a derrota, o Alvinegro caiu para décima posição do Campeonato Brasileiro

lucasoliveira
Lucas Oliveira

Após a derrota do Botafogo por 3 a 2 diante do Internacional pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Beira-Rio, o técnico alvinegro, Eduardo Barroca, lamentou as chances perdidas e afirmou que o Glorioso buscou a vitória. Com o resultado negativo, o Botafogo caiu para décima posição da competição.

"A gente trabalhou essas mudanças durante a semana. Tanto a entrada do Fernando para o Marcinho jogar um pouco mais na frente, quanto a descida do Diego Souza para a meia, com a entrada de um centroavante para dar um peso maior na frente. A gente pressionou, conseguimos fazer o segundo gol, mas não deu tempo de fazer o terceiro. Ficam as lições de aproveitar melhor as nossas oportunidades e não errar tanto contra uma equipe grande como o Internacional."

"O Botafogo buscou o jogo o tempo todo, colocou bola na trave no primeiro tempo, teve o gol anulado... Buscou até o fim, teve um crescimento de produção, finalizou 17 vezes, mas não foi o suficiente para a gente vencer o jogo. Erramos, e quando você erra contra uma equipe da qualidade do Internacional, você paga o preço. A gente paga um preço pelos nossos erros. Temos que tirar essa lições porque no Campeonato Brasileiro, quando você erra contra equipes fortes tem problemas como a gente teve hoje."

O Botafogo chegou a balançar a rede do Internacional três vezes. Porém, na primeira delas, o VAR indicou mão de Fernando durante o ataque do Glorioso e anulou o gol corretamente. O atleta concordou com a decisão da arbitragem. Perguntado sobre o lance, Barroca revelou que ainda não assistiu o lance com detalhes e preferiu não se aprofundar sobre o tema.

"Vou preferir não falar sobre esse assunto porque ainda não vi os lances com toda riqueza de detalhes. Tive uma percepção na beira do campo, mas é sobre a conduta. Tenho uma opinião sobre isso, mas como não costumo comentar sobre o assunto, prefiro olhar com maior profundidade e falar com os meus jogadores."

VAVEL Logo