Após triunfo com a seleção Sub-23, Arana acredita que tem 'potencial de brilhar na Europa'
Foto:Divulgação/CBF

A Seleção Brasileira Sub-23 deu os primeiros passos para a preparação do Pré-Olímpico. Com pé direito, a equipe verde e amarela venceu por 2 a 0. Alguns jogadores concederam entrevista falando sobre suas carreiras até aqui e projeções para o futuro

O lateral-esquerdo Guilherme Arana, falou sobre seu novo momento na carreira, onde o atleta se transferiu do Sevilla para a Atalanta por empréstimo.

"Bom mesmo sem jogar no Sevilla, eu sempre trabalhei muito forte, porque sei que tenho potencial para brilhar lá na Europa... Graças a Deus agora eu estou em um grande clube que é a Atalanta, já pude estrear agora é trabalhar forte em busca dos meus objetivos pessoais."

Pedrinho, atacante do Corinthians, comentou sobre a diferença em atuar no clube, onde existe um estilo de jogo defensivo, e na seleção acaba sendo um esquema mais ofensivo.

"Querendo ou não, são dois estilos diferentes. No Corinthians a gente atua alguns jogos pressionando, muito mais esperando e aqui agredindo mais o adversário. Independente da ideia, eu sempre vou estar dando meu máximo buscando ajudar a equipe."

O autor de um dos gols concorrentes ao Prêmio Puskas, o atacante Matheus Cunha falou sobre seu futuro visando a seleção principal. Além disso, mencionou o lance que pode lhe render o prêmio.

"Acredito que é o objetivo de todos, jogar na seleção principal. A gente sabendo desse sonho, tem que trabalhar e buscar o máximo pra alcançar. A foi um golaço, um momento diferente,  uma decisão muito rápida para driblar daquele jeito."

VAVEL Logo