Umberto Louzer lamenta derrota para Atlético-GO e parcela culpa com arbitragem
Foto: Reprodução / Coritiba FC

Umberto Louzer lamenta derrota para Atlético-GO e parcela culpa com arbitragem

Comandante do time verde também falou sobre as principais dificuldades da equipe na partida 

beatrizfabbri
Beatriz Fabbri

O Coritiba foi superado pelo Atlético-GO pelo placar de 2 a 1 mesmo jogando em casa, no Couto Pereira, neste domingo (08) pela 21ª rodada da Série B do Brasileiro. Este é o quarto jogo seguido sem vencer da equipe verde. 

O técnico Umberto Louzer falou sobre a partida em entrevista coletiva. Destacou os pontos que levaram a equipe à derrota e as principais dificuldades apresentadas.

"Nós planejávamos a vitória e sabíamos da dificuldade que iríamos enfrentar contra o adversário que vinha com proposta de jogar com contra-ataque e bolas paradas. A gente até tirou o Alan e empurramos o Rafinha, mudamos a nossa estratégia de marcação dentro da área para poder contra-atacar em uma retirada de bola. Aconteceu infelizmente de tomarmos as decisões erradas e na sequência tomarmos o gol. Temos que tirar lições. Claro que todos nós estamos insatisfeitos. A derrota tem que doer, mas tem que ser cicatrizada o quanto antes."

"A estratégia minha era iniciar em cima do adversário, neutralizar os contra-ataques, e eu acabei tomando um gol de contra-ataque, é algo improvável que o futebol te prega a cada rodada que você não tem como controlar. Você projeta, você cria estratégia, você planeja, treina, cria escapes, tenta alternativas para neutralizar as ações do adversário, aquilo que que é forte. Infelizmente hoje a gente não conseguiu empatar e virar o jogo".

O treinador abordou também a questão de possíveis erros da arbitragem e as consequências. Relembrou também a partida contra a Ponte Preta, onde o time verde também sofreu. 

"Eu não gosto de transferir a responsabilidade e falar de arbitragem. Isso já aconteceu contra a Ponte Preta, que nós perdemos o jogo, não é transferir mas nós perdemos o jogo com erro, gol impedido, isso custa caro, um jogo que estava igual. Eu ainda não vi o jogo hoje, mas os comentários são de que houve uma penalidade a nosso favor. O jogo estava 1 a 0 então são coisas que acontecem. Naquele momento, se a gente faz 1 a 1, o jogo muda."

"A direção tem tomado medidas, foi feito esse ofício, pedido que não viesse essa arbitragem até porque é local. Sei das nossas responsabilidades. Esperamos que a gente não venha a ser mais prejudicado no decorrer da competição porque foram três pontos perdidos lá, hoje poderíamos ter essa penalidade e o jogo mudaria, a torcida viria a empurrar e o atleta ganha mais segurança para poder virar a partida. Infelizmente isso não aconteceu então a gente tem que lamentar sim."

Louzer tem pela frente um jogo como visitante e já pretende recomeçar os trabalhos o quanto antes.

"Dor de cabeça que o treinador tem. Amanhã temos treinamento, é projetar o jogo contra o Londrina. Quanto a perda de três atletas, é buscar dentro da semana a melhor formação para que a gente possa lá fazer um jogo e conseguir a vitória. Vamos buscar soluções aqui dentro, como sempre buscamos para dar uma resposta para nós mesmos aqui dentro e conseguir esse objetivo que é vencer o Londrina fora de casa".

Mesmo com esse resultado, o Coxa segue no G-4 da competição, em quarto lugar, com trinta e quatro pontos. Na 22ª rodada da Série B, visita o Londrina, no Estádio do Café, no sábado (14), às 11h.

VAVEL Logo