Andrés diz que Corinthians tinha acordo com a Caixa e admite atraso no pagamento
Henrique Vigliotti / VAVEL Brasil

Andrés diz que Corinthians tinha acordo com a Caixa e admite atraso no pagamento

Além disso, o Presidente também afirmou que não acredita em revanche política por parte do Banco

hiquesilvestre
Henrique Vigliotti

Nesta sexta-feira (13), diretamente do CT Joaquim Grava, o presidente Andrés Sanchez concedeu entrevista coletiva, falando principalmente sobre a divida da Arena Corinthians e as finanças em geral do clube.

Primeiramente, sobre o problema envolvendo a Caixa nos últimos dias,  Andrés tentou passar tranquilidade ao torcedor e se mostrou confiante sobre o pagamento da dívida: 

"O Corinthians nunca negou a dívida, nunca deixou de pagar. A gente tinha um acordo com a Caixa, em quatro meses pagava menos, em oito mais. Estamos cumprindo. Se for esse acordo, devemos dois meses. Se for o outro, (o atraso) é desde abril. E conversando todo mês. Essa dívida vamos pagar. Temos que chamar a Caixa para dizer se vamos responder judicialmente."

O presidente afirmou que havia um acordo verbal entre o clube e o banco onde em meses sem partidas o valor da parcela cairia de 5,7 milhões para 2,5.

"Corinthians e Caixa acertaram que nos meses em que há menos jogos e, consequentemente, menos receitas de bilheteria, o clube pagaria um valor mais baixo do que nos demais. Em novembro, dezembro, janeiro e fevereiro a parcela seria de aproximadamente R$ 2,5 milhões. Nos demais, R$ 5,7 milhões."

Ao ser perguntado sobre as finanças do Estádio, Andrés afirmou que o clube deve somente para a Caixa e que o valor varia de 470 a 520 milhões de reais.

"Nunca deixamos de assumir e pagar. Nas nossas contas devemos 470 milhões. Na conta da Caixa são 520 milhões, mas é só isso que devemos".

 

VAVEL Logo
CHAT