Com ótima atuação de Felipe Augusto, Operário-PR vira contra Ponte e entra no G-4 da Série B
Foto: Divulgação/Operário FEC

Na última segunda-feira (16) o Operário recebeu a Ponte Preta no Germano Krüger, em jogo válido pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Em um jogo aberto, a Ponte saiu na frente com Edson, mas o Operário conseguiu virar o jogo, com dois gols de Felipe Augusto.

Com esse resultado o Operário chegou ao G-4, na 4ª colocação, com 35 pontos, mas ainda pode perder a posição, pois Cuiabá, Botafogo-SP, Paraná, CRB e Coritiba jogam na rodada e tem pontuação para passar o Fantasma. Já a Ponte fica na 10ª posição, com 31 pontos, podendo perder três posições.

Primeira etapa quente, mas sem gols

A primeira chance foi em um escanteio de Marcelo pela esquerda, que ele bateu fechado e Felipe Augusto desviou por cima do travessão, com perigo para o goleiro Ivan, logo aos dois minutos.

Aos 13 minutos, Allan Vieira bateu uma falta da intermediária direto para o gol. Ivan estava lá para defender, mas a bola, após pegar no goleiro, subiu e acertou o travessão, voltando para as mãos do goleiro. Com 21 minutos, Rodrigo, mais uma vez, bateu de longe e obrigou Ivan a ir no chão, perto da trave direita, buscar a bola e salvar a Ponte.

Quatro minutos depois, Everton bateu uma falta pela direita e mandou ela na direção do gol, mas viu Rodrigo Viana voar na direção da bola para tirar ela para escanteio. Camilo, aos 31 minutos, cobrou uma falta na área para um desvio de Reginaldo, mas a bola ficou nas mãos de Rodrigo Viana.

Sete minutos depois, em um escanteio de Marcelo, Felipe Augusto desviou e a bola pegou no pé de Ivan, que jogou ela para a lateral! Dois minutos depois Roger foi lançado na área e, cara a cara com Rodrigo Viana, bateu em cima do goleiro, que salvou o Operário.

Segunda etapa com emoção e virada

No começo do segundo tempo, Marcelo bateu de fora da área, uma bola pingando e até fraca, mas Edson desviou e obrigou Ivan a fazer um milagre com uma reação muito rápida para salvar a Ponte.

Após isso, aos quatro minutos, Edilson tocou para Edson, que protegeu a bola do defensor, ficou na cara do goleiro que saiu no chão para travar o chute, mas Edson tocou de cavadinha para marcar um golaço e abrir o placar para a Ponte!

Mas, apenas dois minutos durou a comemoração da Macaca. Felipe Augusto recebeu uma ótima bola na esquerda e, com Ivan saindo em desespero para tentar abafar a jogada, o atacante bateu forte e empatou a partida! Aos 10, o Operário virava a partida!

No contra-ataque, Felipe Alves, de costas, lançou sem ver Felipe Augusto pela esquerda, que chegou na bola, arrancou e bateu cruzado dessa vez, virando o jogo para o Fantasma!

Aos 15, Diego Renan desceu pela esquerda e bateu forte, para uma boa defesa de Rodrigo Viana. Trinta minutos depois, o jogo ainda estava lá e cá, com a Ponte pressionando, até que Alisson solou Diego Renan, arrancando sangue do lateral da Ponte. Por conta disso, ele recebeu o cartão vermelho direto.

O Operário volta aos gramados na terça-feira (24), às 19h15, quando viaja para enfrentar o Botafogo-SP. Já a Ponte joga na quarta-feira (25), às 19h15, quando viaja para enfrentar o Paraná. Ambos os jogos são válidos pela 24ª rodada da Série B do Brasileirão.

VAVEL Logo