Após ter gols anulados pelo VAR, Inter marca no fim e derrota Chapecoense
Foto: Divulgação Internacional 

Buscando se redimir com o torcedor após perder a final da Copa do Brasil em casa, o Internacional comandou o jogo diante da Chapecoense neste domingo (22). O Verdão garantia o empate diante do Internacional no Beira-Rio até aos 39 do segundo tempo, mas Rodrigo Lindoso fez o gol decisivo em Porto Alegre.

A equipe chegou com perigo logo aos três minutos do primeiro tempo, com Lindoso, e mostrou que havia entrado em campo para ganhar. Recuada, a Chape buscava fechar espaços e impedir que o Inter conseguisse atacar. Com os dez jogadores de linha atuando atrás do meio-campo, o Verdão teve o primeiro chute perigoso aos 21 minutos, quando Arthur Gomes se livrou dos adversários e chutou forte, mas Lomba espalmou para salvar o time da casa. 

Ainda antes do apito sinalizar o fim da primeira etapa, o Inter abriu o placar com Wellington Silva após receber lançamento de Nico López, mas o gol foi invalidado após o VAR entrar em ação e apontar um impedimento do atacante no lance. 

A posição recuada dos visitantes fez o Colorado apostar em jogadas aéreas e foi em lances assim que saíram as principais investidas do Internacional no segundo tempo. Antes dos acréscimos, os donos da casa chegaram a balançar as redes mais uma vez. Em contra-ataque, Neilton aproveitou a oportunidade e deixou o Inter na frente de novo, mas o VAR anulou novamente. 

Os torcedores só puderam comemorar aos 39 do segundo tempo, quando, após cobrança de escanteio, Guerrero cabeceou e Lindoso apareceu para mandar a bola para o fundo das redes. Com o gol validado, a partida encerrou-se com o placar de 1 a 0 para os donos da casa. 

Em 19º lugar, com 14 pontos, a Chape pode terminar a rodada na lanterna, enquanto o Inter sobe volta para o quarto lugar, com 36. O Colorado entra em campo novamente na próxima quarta-feira (25), diante do Flamengo. Enquanto o Verdão visita o Athletico na Arena da Baixada no domingo (29). 

VAVEL Logo