Bragantino frustra Scarpelli lotado e passa fácil pelo Figueirense
Foto: Divulgação/Bragantino

Mais de 12 mil torcedores compareceram ao Orlando Scarpelli e empurraram o Figueirense até o final, tentando reerguer o time que vive um de seus momentos mais delicados de sua história centenária. Mas não foi suficiente. Apesar de toda a mobilização, o Figueira, lanterna, da Série B acabou sendo derrotado pelo líder Bragantino, em Florianópolis: 3 a 0, gols de Matheus Peixoto, Claudinho e Léo Ortiz, nesta terça-feira (24), em jogo válido pela 24ª rodada.

Vivendo uma grande fase, o Bragantino, que só perdeu um de seus últimos dez jogos, não teve grandes dificuldades no Scarpelli. O Braga aproveitou a falta de padrão do Figueirense para aproveitar os espaços e criar oportunidades com qualidade, apesar de todo o empenho dos mandantes.

O lateral Rafael Carioca foi decisivo no primeiro tempo. Ele deu as duas assistências: primeiro para Matheus Peixoto, aos 32, e, já nos acréscimos, diminuiu as esperanças do Figueira, combinando com Claudinho, que descolou bela finalização para fazer 2 a 0 aos 47.

Os mandantes não tiveram força para buscar a reação na segunda etapa. Logo aos 11, Vidotto salvou o terceiro gol do Bragantino em finalização de Aderllan, mas, logo na sequência, Léo Ortiz sacramentou a vitória do Massa Bruta. A torcida do Figueirense deu exemplo, gritando alto até os últimos minutos do jogo, quando o Figueira já estava sem pernas e sendo absolutamente dominado pela qualidade e organização maior do Braga, que, até teve chances para ampliar, mas parou ou no goleiro rival, ou na trave.

O Bragantino permanece na liderança, com 48 pontos, seis a mais que o vice-líder Atlético-GO, e com 12 de vantagem para o Botafogo-SP, primeiro time fora do G-4. O time volta a campo no domingo (29), em casa, contra o Vitória, às 16h.

Já o Figueirense junta forças para tentar evitar o rebaixamento. A equipe que não vence a 15 rodadas ocupa a última colocação, com 23 pontos, mas apenas dois atrás do Vitória, que está fora da zona de rebaixamento. O próximo rival do Figueira é outra parada duríssima. Na sexta-feira (27), o Alvinegro visita o segundo colocado Atlético-GO, no Antônio Accioly, às 21h30.

VAVEL Logo