Dominante todo o tempo, Palmeiras goleia CSA e emenda quinta vitória seguida
Foto: César Greco/Agência Palmeiras

O que poderia ser fácil por causa da disparidade de investimento, estrutura e qualidade técnica ficou evidente no gramado do Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, em São Paulo/SP. O Palmeiras conquistou mais uma vitória no Campeonato Brasileiro da Série A 2019 e não precisou de muitos esforços para golear o CSA na noite desta quinta-feira (26) por 6 a 2. Luiz Adriano (duas vezes), Willian, Bruno Henrique (duas vezes) e Gustavo Gómez marcaram os gols alviverdes. Apodi e Ricardo Bueno descontaram aos azulinos.

Com o resultado, o Verdão segue na briga pela liderança e continua três pontos atrás do líder Flamengo. Agora, a equipe paulista soma 45 pontos. Por outro lado, o Azulão do Mutange retorna à zona de rebaixamento e ocupa a 18ª posição, com 19 pontos. As equipes já voltam a entrar em campo no fim de semana, com jogos programados para às 16 horas do domingo (29). O Palmeiras mede forças contra o Internacional no Beira-Rio, em Porto Alegre/RS, enquanto o CSA tem outro páreo dificílimo diante do Santos, na Vila Belmiro, em Santos/SP.

Baile em verde e branco

Os donos da casa abriram larga vantagem em apenas dez minutos de jogo. Aos cinco, Bruno Henrique aproveitou escorregão de Alecsandro para roubar a bola no meio e imediatamente acionar Dudu. De primeira, o atacante tocou para Luiz Adriano completar para as redes e abrir o marcador. Aos dez, outra rápida trama. Gustavo Scarpa recebeu ótimo passe de calcanhar de Dudu e cruzou para Bruno Henrique. O meia ajeitou de peito para Willian completar no canto e marcar um belo gol.

Mesmo com dois gols de vantagem, o Palmeiras não sentou sobre a vantagem. Manteve o bom jogo e soube aproveitar os espaços dados pelo CSA. Atordoado, com espaços dados no meio e sem saber como reagir, os azulinos apenas assistiam ao jogo verde. Tanto que o terceiro gol palmeirense foi completamente com bola no chão, novamente com participação de Bruno Henrique. O camisa 26 iniciou jogada no meio e fez troca de passes com Willian, Gustavo Scarpa e com Diogo Barbosa. O lateral-esquerdo cruzou rasteiro para o meia completar o lance.

O CSA chegou com perigo em apenas duas oportunidades. Na primeira, Apodi tentou de bicicleta, mas errou o alvo. Na segunda, Jonathan Gómez chutou colocado no ângulo de Weverton, que saltou para fazer linda defesa. Pior para os alagoanos foi a vitória se transformar em goleada nos acréscimos. Dudu cobrou escanteio, Luiz Adriano desviou na primeira trave, Felipe Melo escorou e Gustavo Gómez cabeceou para as redes.

Segundo tempo cheio de gols

Com o jogo completamente controlado, o Palmeiras entrou na segunda etapa apenas com o objetivo para cadenciar a partida. Mas isso não significava uma lerdeza alviverde. Muito pelo contrário, a intensidade seria vista nas finalizações. Aos dois minutos, Gustavo Scarpa foi acionado na entrada da área, recebeu, dominou e bateu de primeira com muito perigo. Jordi só saltou por desencargo de consciência. Quando o Azulão respondeu, fez bonito. Aos seis, Apodi recebeu na esquerda e emendou um chute forte de três dedos. A bola fez linda curva e acertou a trave, o que impediu de tentar defender. Golaço.

Durante toda a segunda etapa, o Palmeiras diminuiu o ritmo. A partida ganha, os três pontos garantidos, era atacar se estivesse espaço. O CSA optou por se fechar para não piorar o prejuízo no saldo de gols. Restou a Jordi ser exigido. Aos 26, Dudu tocou para Lucas Lima. O meia cruzou na medida para Willian cabecear como manda o manual, mas o arqueiro espalmou e fez bela defesa. O que não aconteceu na jogada seguinte. Lance iniciado com Hyoran, Lucas Lima acionado novamente na esquerda e cruzou forte. Luiz Adriano chegou de primeira para marcar seu segundo gol no jogo. Aos 37, Dudu recebeu lindo lançamento de Lucas Lima e tocou para Bruno Henrique fechar a conta.

Em uma segunda etapa repleta de bolas na rede, restou ao Azulão do Mutange fechar a conta e diminuir nos minutos finais. Aos 42 minutos, Carlinhos cruzou da esquerda, Jonathan Gómez falhou no desvio e Ricardo Bueno completou para as redes. Após conversa com a arbitragem de vídeo, o lance foi validado ao ser detectada posição legal do centroavante do CSA. Luiz Adriano tentou aumentar a vantagem alviverde, mas errou o alvo.

VAVEL Logo