Brasil de Pelotas e Guarani empatam em jogo de pouca inspiração
Foto: Carlos Insaurriaga/Brasil de Pelotas/Divulgação

No Estádio Bento Freitas, o Brasil de Pelotas recebeu o Guarani pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo que ocorreu na última sexta-feira (27) terminou sem gols e com poucas chances de real perigo.

Com o resultado o Xavante ficou com 30 pontos, na 12ª posição. Já o Bugre soma 29 pontos, estando no 13º lugar da segundona. Ambos ainda podem perder uma posição na tabela, pois o Oeste soma 29 pontos e ainda joga na rodada, estando na 14ª colocação.

A partida

A primeira chance de perigo foi do Guarani, aos 13 minutos, quando Michel Douglas brigou com a zaga pela bola, ganhou ela e bateu forte, mas acertou o travessão! Na sequência Lucas Crispim bateu de longe e mandou a bola por cima do gol, com perigo. Sete minutos depois, Murilo Rangel recebeu uma boa bola dentro da área e bateu forte, mas na direção de Kléver, que defendeu em dois tempos.

Aos 27 minutos, Pará desceu pela esquerda e tocou para Guilherme Queiroz. O atacante dominou de costas para o gol e bateu girando o corpo, mandando a bola na arquibancada.

Aos 35, Rodrigo Alves carregou a bola pela esquerda e bateu de longe, mas sem perigo para Kléver. Seis minutos depois, Rodrigo Alves repetiu a jogada, mas dentro da área e bateu no canto direito de Kléver, fazendo a bola passar com perigo.

E, por fim, aos 43 minutos, Murilo Rangel bateu uma falta da intermediária direto para o gol, mas Kléver ficou com a bola sem sustos.

No segundo tempo, aos 12 minutos, Guilherme Queiroz recebeu a bola na frente e até marcou o gol, mas o bandeirinha anulou o gol por impedimento, de uma forma errada, pois Diego Giaretta dava condição para o camisa nove do Xavante!

Aos 29, a bola sobrou na área para Ricardinho, que dominou ela e bateu rasteira, mas Carlos Eduardo estava lá para espalmar e ficar com ela. Com 38 minutos, em um lateral batida para a área, Maicon Assis pegou de primeira a bola que vinha pelo alto e mandou nas mãos de Kléver, mas com força!

Aos 41, em uma falta batida de quase do meio campo, Bruno Aguiar deu uma casquinha e ela foi na direção de Kléver, que defendeu em dois tempos, no susto. Aos 49, Pereira tentou a finalização de longe, em uma falta frontal, mas mandou a bola perto da trave direita de Kléver, pra fora.

Na próxima rodada, a 26ª da segundona, o Brasil de Pelotas viaja para enfrentar o Operário, às 16h30 do sábado (5). Já o Guarani joga na segunda (30), às 20h, quando recebe o Atlético Goianiense.

VAVEL Logo