Craque do jogo, Muriel faz boas defesas e exalta Fluminense: "Raça não pode faltar"
Foto: Divulgação / Fluminense

O Fluminense venceu o Grêmio por 2 a 1 no Maracanã neste domingo e chegou aos 22 pontos no Campeonato Brasileiro. Nenê e Caio Henrique fizeram os gols da vitória, mas o destaque da partida ficou na conta de Muriel. O arqueiro tricolor foi responsável por fazer grandes defesas, impedindo que o time gaúcho chegasse ao empate.

"Agradeço a escolha. Qualquer jogador merecia. Não precisávamos sofrer gol no final, mas com a vantagem conseguimos vencer. Momento difícil requer que a gente seja ainda mais forte. Precisamos de todos. Que todos deem o máximo dentro e fora de campo. Que possa ser um marco para os próximos jogos. Às vezes a gente não vai jogar bem, mas essa entrega, essa raça não pode faltar."

O sábado da equipe carioca ficou marcado por tensão após torcedores invadirem o Centro de Treinamento do clube para cobrar os jogadores e dirigentes pelos últimos resultados no Brasileiro. Segundo a diretoria, os invasores fizeram uma “ação violenta” que não ajuda no momento atual de restruturação financeira.

Muriel comentou sobre o ocorrido e se posicionou contrário à forma que o protesto aconteceu.

"Acho que da maneira que aconteceu isso não pode acontecer. Nós brasileiros esperamos acontecer uma tragédia para que possamos postar nas redes sociais, protestar, se posicionar. Fica o alerta. Não foi a primeira vez que aconteceu isso no futebol brasileiro. Espero que isso aconteça cada vez menos."

"A gente aceita a cobrança do torcedor, foram lá outras vezes e conversamos com eles. Mas a gente também não pode generalizar, não foi a torcida do Fluminense, foram algumas pessoas. E nós temos que focar na nossa parte. Temos que dar o máximo, tirar proveito dessa situação, ter mais força ainda e diminuir a margem de erro."

"Mas acho importante a gente se posicionar, o clube emitiu uma nota, e eu estou de acordo. Acho importante também a imprensa se posicionar. Uma hora pode acontecer com qualquer um, mas todo mundo é ser humano, e o mais importante é o que vamos fazer daqui pra frente"
disse o goleiro.

O Fluminense volta a jogar no próximo domingo, às 16, onde terá pela frente o clássico "Vozão" contra o Botafogo, no Nilton Santos, pela 23ª rodada do Brasileirão.

VAVEL Logo