Guarín é apresentado oficialmente pelo Vasco e revela que Luxemburgo o convenceu
Foto: Dikran Júnior/Vasco

Nesta sexta-feira (04), o Vasco apresentou oficialmente o volante colombiano Fredy Guarín em um hotel na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. O jogador de 33 anos assinou contrato até dezembro deste ano com o clube Cruz-Maltino.

Guarín falou que o técnico Vanderlei Luxemburgo o convenceu de jogar na equipe brasileira: ''É engraçada a situação que vivi. Foi muito rápida a decisão. Estava em viagem com a minha família. Aristizábal me perguntou se eu queria vir jogar no Vasco, e eu falei que iria escutar. Ele disse: "O mister vai te ligar". Falamos dez minutos, ele me convenceu. Pedi 10 minutos para conversar com a minha família. Minha mulher ouviu a conversa com o mister e disse que sim. São elas que mandam, né?'', comentou.

O jogador vai vestir a camisa 13 e comentou o motivo da escolha: ''O número 13 é o meu número da sorte. Sempre usei. Na seleção também. É o número da sorte da família.''

''Por mim, eu já estava no campo. Quero estar bem para fazer as coisas bem. Quero me preparar o mais rápido possível para poder chegar a um bom nível'', disse o jogador sobre a estreia com a camisa vascaína.

''Eu tinha proposta de jogar nos EUA. Foi uma decisão de família, há um tempo que estava pensando em viver nos EUA. Meu filho menor é americano. É um projeto de vida. Queria ficar para o início de 2020 e jogar lá. Mas no momento em que o Luxemburgo ligou, me convenceu'', disse.

Guarín foi revelado pelo Envigado, da Colômbia e logo foi comprado pelo Boca Juniors. Em 2006, foi jogou uma temporada por empréstimo no Saint-Étienne e logo em seguida foi comprado pelo clube francês.

Em 2008, foi contratado pelo Porto por €1 milhão e lá conquistou diversos títulos. Em 2012 foi jogar na Internazionale. Em janeiro de 2016, Guarín foi comprado pelo Shanghai Shenhua, da China por €13 milhões, onde ficou até setembro deste ano.

VAVEL Logo