Cruzeiro e Internacional empatam com direito a
pênalti polêmico  
Foto: Reprodução/Internacional

No Mineirão, Cruzeiro e Internacional ficaram no empate em 1 a 1, neste sábado (5), válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto foi marcado por muita intensidade e entrega por parte das duas equipes, que não desistiram de balançar as redes em nenhum recorte do jogo. O Colorado abriu o placar com Nonato, e Fred empatou em penalidade polêmica.

Inter efetivo

O maior envolvimento foi por parte do Cruzeiro, com superioridade em posse de bola e finalizações, mas tornaram explícitos que não são cruciais para que se determine o melhor em campo. A equipe celeste mostrou suas deficiências e nervosismo em concretizações sem perigo, enquanto o Internacional se mostrou mais efetivo e oportunista. ­

Apesar da insistência celeste nos minutos iniciais, foram os Colorados que abriram o placar aos 7’, quando Nonato saiu cara a cara com o Fábio depois boa tabela entre Nico Lopes e Edenílson. Os maiores perigos do Inter saíam dos pés de Nico Lopes, atleta que mais incomodou a defesa adversária. Primeiro, ele chutou de fora da área (15’), passando muito perto do arco, depois aos 30’, em lance parecido, quando carregou pela direita, arriscou, passou por cima.

Já o Cruzeiro tinha suas tentativas predominadas por Thiago, mas em finalizações sem perigo: aos 19’, o camisa 10 chutou de longe e foi para linha de fundo, nos dez minutos seguintes, girou o corpo e finalizou, mas ficou fácil para Marcelo Lomba. A chance de mais perigo foi com David, que chutou na rede do lado de fora, aos 38’. A etapa se encerrou com nenhuma defesa difícil dos goleiros e o Internacional certeiro em sua estratégia

Entrega do Cruzeiro

O Cruzeiro retornou disposto, ainda mais, a marcar presença no campo ofensivo. Sua postura ativa originou na polêmica penalidade de Patrick em Orejuela e, no minuto 17, Fred bateu no canto esquerdo de Lomba e empatou. O Internacional pouco se fez presente e mantinha-se refém da pressão adversária.

O lance de maior perigo colocado foi de Guerreiro, aos 24’, na cobrança de falta perto da área, assustando Fábio depois que a bola passa rente à trave esquerda. A Raposa seguiu impondo um ritmo forte, e teve grande oportunidade com Robinho: o meia recebeu um cruzamento de David e cabeceou. A bola quica antes de Lomba realizar uma brilhante defesa e salvar Inter da virada.

Apesar da insistência dos minutos finais, com Fred aos 46’, que fez boa movimentação do corpo dentro da área e chutou, depois com Maurício arriscando de longe, aos 50’, partida se encerrou por 2 a 2, sob apoio da torcida que reconheceu o empenho celeste.

Situação dos clubes 

Com este resultado, o Internacional continua entre os próximos do G-4 do Campeonato Brasileiro com 38 pontos, enquanto o Cruzeiro permanece na zona de rebaixamento com 20, convivendo com a realidade de seis partidas sem vencer no Brasileirão.

VAVEL Logo