Com atuação regular, Marcão diz que empate foi um ‘importante resultado’
 Foto: Mailson Santana/FFC

Em confronto direto pela luta contra o rebaixamento, Fluminense Cruzeiro duelaram no Mineirão em busca de um respiro na tabela de classificação. O jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou sem gols e um ponto para cada time.

O resultado foi comemorado pelo técnico Marcão, já que o Fluminense, visitante na partida, não teve o desempenho que seu treinador esperava.

"Jogar aqui diante da equipe do Cruzeiro é sempre muito difícil. Realmente não conseguimos chegar da maneira que sempre chegamos no ataque. Não conseguimos fazer a transição. Foi um jogo de transpiração. Mas estou feliz pelo time. Os jogadores transpiraram. Foi importante o resultado, levar um ponto para o Rio de Janeiro."

"Viemos para buscar a vitória, como sempre, mas o jogo não encaixou ofensivamente da maneira que queríamos. O que não podíamos era sairmos derrotado. A equipe se entregou. Quarto jogo sem derrota, mais um sem tomar gol." 

Marcão comentou os desfalques de Digão, Allan e Caio Henrique diante do Cruzeiro e também das ausências de Yuri e Ganso, para próxima rodada.

"Os meninos que entraram corresponderam a tudo que foi pedido, mas perdemos três peças importantes que vinham como titulares da equipe. O Cruzeiro pressionou bastante nossa equipe, não conseguimos fazer a transição."

"Agora é chegar em casa, no hotel e já começar a pensar no que vamos fazer para o próximo jogo. Mais uma decisão para o Fluminense. Mas tenho muita confiança no grupo que temos, todos que entram têm correspondido à altura. Quem entrar vai corresponder à expectativa."

O técnico tricolor ainda falou sobre as substituições e da atuação do jovem João Pedro.

"Orinho vinha de muito tempo de inatividade. Julião já jogou naquela função e tirou bolas importantes. O Ewandro vinha treinando muito bem. Precisávamos de um homem de lado para dobrar marcação com Gilberto."

"João Pedro contribui demais taticamente para nossa equipe. Lógico que centroavante vive de gols. Mas temos que criar opções dele conseguir balançar as redes de novo. Vamos conversar com ele como fizemos com Yony, para ver um modo dele render mais."

VAVEL Logo