Flamengo vence Athletico-PR, quebra tabu de 45 anos e segue líder isolado
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Flamengo Athletico Paranaense se enfrentaram neste domingo (13), em uma disputa histórica, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena da Baixada. O placar ficou em 2 a 0, com dois gols de Bruno Henrique, sendo um deles ocasionado por falha do goleiro do Furacão.

O adversário não deixou barato e fez com que Diego Alves saísse da zona de conforto e fizesse duas defesas difíceis, dentre elas, uma cara a cara com Rony, mas que foi espalmada. Por outro lado, aos 44 minutos, Leo falhou, deixou o caminho aberto para Bruno Henrique, que abriu o placar.

Com esse resultado, o Fla vai para seu 15º jogo sem perder, sendo apenas três empates, e passa a ter 77% de aproveitamento, o que é atípico no campeonato. Nessa temporada, os números garantidos pelo time e pela torcida são empolgantes. Estádios lotados e ótimos aproveitamentos dentro de campo têm virado rotina para o clube.

Pênalti anulado

Ao contrário do que estamos acostumados de ver, o Rubro-Negro carioca iniciou a partida de forma neutra, sem pressionar os adversários. O jogo só começou a ficar mais movimentado aos 17', quando Lucas Silva foi derrubado na grande área por Léo Pereira, ocasionando o pênalti. Porém, o árbitro Braulio da Silva Machado, decidiu consultar o VAR e voltar atrás com sua decisão, anulando o pênalti erroneamente e seguindo o jogo.

Parece que precisava desse susto para que o Athletico acordasse e começasse a prestar mais atenção nos oponentes, e a dar mais trabalho para Diego Alves. O que não adiantou, já que por falha do goleiro athleticano, a bola parou no pé do camisa 27 do Flamengo e o gol foi marcado.

Aos 45' do segundo tempo, perto dos acréscimos, Everton Ribeiro cobra lateral, Renê avança e joga para Bruno Henrique, que marca seu segundo gol, acabando de vez com o tabu existente em cima da disputa entre os dois times.

Com o resultado, o time lidera com folga sobre o vice Palmeiras, com 58 pontos, oito a mais que o time paulista.

Tabu

Para Jorge Jesus nada é impossível, inclusive quebrar tabus de mais de quatro décadas. Devido ao bom entrosamento entre técnico e atletas, o time do mister acabou com a "vantagem" do clube curitibano, que por 45 não permitiu que o Flamengo os vencesse em Curitiba, pelo Campeonato Brasileiro. Essa "uruca" ainda tinha um agravante, já que na Arena da Baixada, o Fla venceu apenas uma vez, com gol de Ronaldinho, pela Sul-Americana, em 2011.

A última vez que o Urubu ganhou do clube em Curitiba, o time tinha no elenco: Cantarelli, Jayme de Almeida, Aluísio e Rondinelli, Luiz Carlos, Zico, Rodrigues Neto, Liminha Geraldo, Dadá Maravilha e Doval, Paulinho e Arílson. O jogo ficou em 2 a 1 para o Flamengo, com gols de Zico e Paulinho.

Próxima disputa com desfalques

Para visitar o Fortaleza na próxima quarta-feira (26), às 20h, o Flamengo não conta com Bruno Henrique e Everton Ribeiro — ambos suspensos. Agora, Rafinha se junta a Filipe Luís no DM e também são desfalques. No entanto, Rodrigo Caio e Gabigol devem voltar.

MEDIA: 5VOTES: 3
VAVEL Logo