Atlético-GO empata com a Ponte Preta e aumenta jejum de vitórias
Foto: Vitor Garcia/Atlético-GO

Um jogo frio, sem muitas emoções. Na abertura da 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2019, Atlético-GO e Ponte Preta se enfrentaram na noite desta segunda-feira (14) no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia/GO. Em uma partida com pouca qualidade e finalizações minimamente interessantes, o empate em 0 a 0 evidenciou o desempenho abaixo da expectativa por parte das equipes envolvidas.

O primeiro tempo foi bem tímido. A postura da Ponte Preta era de neutralizar a agressividade atleticana para contar com a velocidade do trio ofensivo, formado por Renato Cajá, Roger e Marquinhos. A primeira finalização ao alvo veio aos três minutos, quando Aylon completou cruzamento de Nicolas de cabeça e Ygor defendeu sem sustos. Essa foi a única finalização que fez o torcedor se levantar das arquibancadas. Durante toda a primeira etapa, as marcações prevaleceram.

No segundo tempo, as equipes voltaram mais animadas, principalmente o Atlético-GO. O time queria sair da sequência negativa, apresentou mais volume de jogo, mas não conseguiam finalizar. E, quando isso acontecia, ficava clara a falta da pontaria. Mike tentou de fora da área no primeiro minuto, mas errou o alvo. A Ponte Preta chegou pela primeira vez quando Marquinhos também finalizou de longe, mas mandou para fora. Aos 21 minutos, a melhor chance do jogo. Em jogada de Mike pela direita, a bola foi cruzada na área e Moacir chutou forte, para a providencial defesa de Ygor.

A resposta campineira foi com Roger. Dentro da área, o centroavante recebeu de Airton e bateu com muita categoria e, por um capricho, não marcou. Foi a chance mais clara e o lance em que realmente a Macaca poderia ter aberto o placar. Nos minutos finais, a pressão do Dragão se intensificou com maior posse de bola, mas a pontaria descalibrada resultou no placar inalterado, mesmo com o atacante Marquinhos expulso aos 45 minutos do segundo tempo, depois de receber o segundo cartão amarelo.

Com o resultado, a equipe goiana permanece na terceira colocação, agora com 48 pontos somados, e acumula o terceiro empate consecutivo. Apesar da sequência ruim, há uma vantagem confortável para a permanência no G-4. Grupo este que o time paulista novamente tentou, mas não ficou distante. Agora, os campineiros somam 40 pontos, na oitava colocação.

Os times voltam a entrar em campo ainda nesta semana. O Atlético-GO enfrenta o Botafogo no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, em São Paulo, às 19h15 da próxima quinta-feira (17), quando estreia o treinador Eduardo Barroca. Por sua vez, a Ponte Preta ainda sonha com acesso e encara o líder Bragantino às 16h30 do sábado (19), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

VAVEL Logo