Abel comemora primeira vitória  pelo Cruzeiro e projeta: "Encontramos o caminho"
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Após oito rodadas sem saber o que é vencer, o Cruzeiro bateu o São Paulo por 1 a 0 na noite dessa quarta-feira (16) no Estádio Mineirão, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Conforme o técnico Abel Braga, em entrevista coletiva, a equipe fez uma boa partida e achou o caminho para as vitórias.

"Um time joga pelo o que ele cria. Tivemos boas situações, mas não tão claras como no jogo passado (Chapecoense). Existe um peso. Não vamos dormir hoje achando que está tudo resolvido, porque não está. Porém, o mais importante é que, agora, encontramos o caminho para as vitórias", afirmou.

Sobre a próxima partida, contra o Corinthians, no sábado (19), às 19h30, em São Paulo, Abel disse que não pretende alterar o esquema tático e que armará a equipe para atacar e defender.

"Vamos jogar pressionando e marcando muito. As coisas não têm dado muito certo para a gente a nível de VAR (risos)... Independente de como os jogadores estiverem, eu não vou mudar o nosso esquema tático", cravou.

Questionado a respeito da primeira vitória no comando do Cruzeiro, o treinador fez questão de mandar recado para aqueles que não entederam o motivo dele ter aceitado a proposta do clube celeste.

"Quero responder a muito amigos, conhecidos e familiares que não conseguiram entender o porque de eu ter aceitado o convite do Cruzeiro. Eu escutava: Tu ficou louco? Mas eu tinha um ideia, informações do grupo e da relação humana que há dentro do elenco. Não vim pro Cruzeiro pra ganhar dinheiro, eu vim ser mais um para ajudar a equipe a sair desse momento", finalizou.

LEIA MAIS: Alívio! Cruzeiro derrota São Paulo e volta a vencer no Brasileirão

O próximo compromisso do Cruzeiro será contra o Corinthians, sábado (19) às 19h, na Arena Corinthians. Já o São Paulo recebe o Avaí no Morumbi, domingo (20) às 16h. Em caso de vitória, o clube mineiro sairá da zona de rebaixamento, com a combinação de resultados envolvendo Ceará e CSA.

VAVEL Logo