Com um a mais desde o primeiro tempo, São Paulo vence Avaí pelo placar mínimo e entra no G-4
Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

São Paulo precisava de uma vitória neste domingo (20) para entrar no G-4. E conseguiu. Jogando com um a mais desde os 23 do primeiro tempo, após expulsão polêmica de Brenner, o Tricolor bateu o Avaí por 1 a 0, gol de Arboleda, aos seis da segunda etapa, em partida válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O São Paulo pressionou no início e, mesmo sem chances muito claras, rodeou a área avaiana. Em toda a partida, o time da casa teve uma grande posse de bola - terminou com 79% -, mas poucas chances foram claras. A primeira finalização certa foi aos 17. Após bola recuperada no meio-campo, Luan arriscou jogada individual, invadiu a área e bateu cruzado, para defesa tranquila de Vladimir.

Aos 23, após checagem do VAR, o Avaí teve um jogador expulso no primeiro tempo pela segunda vez consecutiva, dessa vez ainda mais polêmica, quando Brenner levou vermelho direto após dividida com Bruno Alves. A partir daí, o São Paulo teve ainda mais posse de bola, enquanto o Leão tentou se armar para buscar contra-ataques.

Foram 12 finalizações do São Paulo no total, quatro certas, mas sem muita intensidade e pressão. Aos 28, Antony partiu para cima de Paulinho, trouxe para dentro e chutou forte, em cima de Vladimir. Sete minutos depois, depois de cruzamento da direita, a bola desviou em Betão e Vitor Bueno apareceu para finalizar de cabeça, em cima do goleiro.

A chance mais clara foi aos 39. Após cobrança de escanteio de Daniel Alves, a zaga afastou inicialmente e Luan chutou no rebote, mas, após desvio no meio da área, Vladimir fez milagre e salvou o primeiro do jogo e garantiu o 0 a 0 para o intervalo.

A entrada de Igor Gomes na vaga de Bruno Alves deu um ânimo a mais para o São Paulo no começo da segunda etapa. Aos quatro, em jogada rápida do ataque do São Paulo, Antony recebeu de Igor Gomes e deixou Pato livre, de frente para o gol, mas o atacante mandou chance inacreditável para fora. Dois minutos depois, porém, na cobrança de escanteio de Dani Alves, Arboleda subiu bem mais alto que Ricardo e tocou de cabeça no canto, para finalmente abrir o placar no Morumbi.

Por pouco, o segundo gol não saiu aos sete. Depois de enfiada de Liziero, Pato apareceu na direita para finalizar, e parou em defesa de Vladimir. No geral, porém, o ritmo diminuiu e o panorama da primeira etapa retornou. O São Paulo terminou a partida com 22 a seis em finalizações, e 78% de posse de bola, mas pressionou pouco.

O Avaí chegou de forma esporádica. A primeira e única finalização certa veio aos 25, quando Julinho bateu falta da intermediária e exigiu defesa de Volpi em dois tempos. Aos 28, após lançamento longo do campo de defesa, Franco fez ótimo domínio pela direita, partiu para cima e bateu forte, tirando tinta da trave.

Aos 33, em grande arrancada pela esquerda, Pato tabelou com Vitor Bueno, acelerou para dentro da área e tocou rasteiro, mas parou em grande defesa de Vladimir. O Tricolor administrou a vantagem com muita posse de bola e presença no ataque, porém tomou um susto no fim. Aos 51, Vinícius Araújo recebeu pela esquerda, cruzou para o meio e Marquinhos apareceu para finalizar de cabeça, acabou errando o alvo e o torcedor são-paulino pode finalmente comemorar a vitória.

Com 46 pontos, o São Paulo ultrapassa o Corinthians e sobe ao quarto lugar, enquanto o Avaí está em 19º, com 17, 11 atrás do Cruzeiro, primeira time fora do Z-4, e pode acabar a rodada na lanterna caso a Chapecoense ao menos empate com o Goiás.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (27). O São Paulo joga novamente em casa, diante do Atlético-MG, às 16h, enquanto o Avaí enfrenta o Palmeiras na Ressacada, às 18h.

VAVEL Logo