Dia de decisão: Flamengo e Grêmio têm armas fortes no ataque
Gabigol e Bruno Henrique, as esperanças de gols do Flamengo (Arte: VAVEL Brasil)

Depois de 35 anos, o Flamengo voltou à uma semifinal de Libertadores. E o feito histórico pode não parar por aqui. Nesta quarta feira (23), o Rubro-Negro enfrenta o Grêmio na busca pela vaga na finalíssima da competição continental.

Vivendo um ótimo momento na temporada, onde não perde há dois meses, o Flamengo conta com a força da sua torcida. Quase 70 mil pessoas num apoio primordial. Para o time gaúcho chegar a final, precisará vencer o rubro negro em pleno Maracanã, algo que só aconteceu duas vezes esse ano — derrotas para o Fluminense, pelo Carioca, e Peñarol, pela mesma Libertadores.

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Com praticamente todo o elenco à disposição, o clube conta com os retornos do lateral Rafinha e do meia De Arrascaeta. O primeiro deve começar o jogo como titular, já o segundo como opção no banco de reservas. A esperança de gols da equipe é a dupla Bruno Henrique e Gabigol: juntos, eles têm 57 gols marcados, em 111 tentos feitos pelo Flamengo no ano.

Os dois principais goleadores do Brasileirão já foram chamados por Tite esse ano e estão cotados para uma possível convocação para a Copa América do ano que vem.

Arma gremista

Campeão em 2017, o Grêmio busca novamente o título da maior competição da América. Com um elenco não muito estrelado, mas encorpado e copeiro, o time do técnico Renato Portaluppi conta com a estrela de Everton Cebolinha para poder bater o Flamengo, em pleno Maracanã.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Em 46 jogos nesta temporada, Cebolinha marcou 17 gols, tendo participação em quase 45% dos tentos marcados pela equipe gremista no ano. Dominado na Arena na primeira partida, o clube deseja beliscar o ponto fraco do adversário na busca pela vaga.

Sabendo da ofensivamente do Flamengo, e da sua linha alta, Renato treinou a equipe dessa forma para tentar surpreender os donos da casa. Cascudo e já campeão da competição, Geromel retorna ao time titular, no lugar de David Braz, depois de desfalcar a equipe no primeiro jogo. Luan, segue como dúvida, assim como Jean Pyerre. Na Lateral, Galhardo e Léo Moura, brigam pela vaga, com Paulo Miranda correndo por fora.

Se passar pelo Flamengo e conquistar o título da Libertadores, o Grêmio se isolaria como o maior vencedor brasileiro da história da competição, deixando para trás São Paulo e Santos, que têm três conquistas cada.


Flamengo e Grêmio se enfrentam nesta quarta no Maracanã, às 21h30. O 0 a 0 dá a vaga ao Rubro-Negro assim como qualquer vitória. Já para o Tricolor Gaúcho, empates de 2 a 2 em diante, dá a classificação ao Grêmio, e também qualquer vitória. O vencedor enfrenta o River Plate, algoz do Boca na outra meia-final, na grande final da Copa Libertadores. O palco da decisão será o Estádio Nacional de Santiago, no Chile, dia 23 de Novembro.

VAVEL Logo