Boselli marca dois, e Corinthians vence Fortaleza na Arena
Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians

Não faltaram gols! Na abertura da 31ª rodada do Brasileirão, o Corinthians recebeu o Fortaleza em Itaquera. E na primeira partida sem o ex-treinador Fábio Carille, o time alvinegro conseguiu ter postura mais ofensiva sob comando do interino Dyego Coelho e foi capaz de vencer por 3 a 2 o adversário tricolor.

Ao fim da partida, a posse de bola foi vista mais nos pés paulistas: 59% contra 41% dos cearenses. No entanto, foi o clube visitante quem mais teve chances claras: 6 x 3. Assim, percebeu-se um volume maior de jogo ofensivo por parte da equipe de Rogério Ceni, a medida em que Coelho resgatou a gana itaquerense.

Dois gols em três minutos

O primeiro tempo teve duas equipes com propostas diferentes. Dono da casa, foi o Corinthians quem propôs o domínio do jogo. Alternando jogadas entre direita e esquerda, o time treinado por Dyego Coelho criou pouco, mas teve o controle maior das ações. Em contraponto, os comandados de Rogério Ceni apostaram no contra-ataque como principal arma da noite.

Aos 34', Manoel vacilou e abriu margem para contragolpe tricolor, que, na primeira grande chance, foi eficiente com Romarinho finalizando a chegada em gol. Numa jogada individual em que Avelar desequilibrou a defesa adversária, Boselli se aproveitou de chuto torto do lateral e teve muita calma na cara do gol dois minutos depois. E assim tudo ficou no 1 a 1 até o intervalo.

Recomeço frenético

Depois do descanso, o retorno foi frenético. Júnior Urso pôs o Timão na frente em cabeceio logo aos três minutos. Aos seis, Kieza pegou sobra de Walter e marcou seu primeiro gol no campeonato em seu 17º neste Brasileirão. Mas antes o VAR analisou o lance por três minutos. O Fortaleza se empolgou e quase fez o terceiro com Osvaldo, mas o goleiro reserva alvinegro fez belíssima defesa.

Rogério Ceni mandou seu time subir a marcação e os nordestinos encurralavam os paulistas. Porém Dyego Coelho teve um trunfo.

O interino do Corinthians colocou Clayson no lugar de Vital. No primeiro lance bom de Clayson, aos 27', ele avançou pela esquerda e cruzou para Boselli dividir cabeceio na altura da marca do pênalti. A bola subiu e morreu lentamente no ângulo de Felipe Alves. Ali estava anotado o 3 a 2 para o Corinthians.

Desesperado, o Leão do Pici tentou pressionar, mas o Alvinegro subiu a marcação e sufocou os visitantes. Assim, a vitória corinthiana foi concretizada.


Com a vitória, o Corinthians chega aos 48 pontos e à sexta posição, parcialmente. Já o Fortaleza continua com 36, agora em 13º. Na próxima rodada, o Alvinegro tem o clássico contra o Palmeiras, às 19h do sábado (09). Um dia depois, também às 19h, o Leão é outro que joga clássico, mas diante do Ceará.

VAVEL Logo