Torcidas dão show com mosaicos, e Fortaleza leva a melhor  no clássico diante do Ceará
Leonardo Moreira/Fortaleza EC

Na noite deste domingo (10), Fortaleza e Ceará se enfrentaram na Arena Castelão e propiciaram aos telespectadores do duelo cearense um belo espetáculo com mosaicos de ambos os lados. 

Em jogo cheio de rivalidade entre as equipes e com cerca de 70% da torcida tricolor nas arquibancadas, o começo da partida foi intenso, cheio de oportunidades para os dois times que atacaram desde o primeiro minuto. Mas Wellington Paulista abriu o placar para o Leão do Pici aos 13', oportunista o atacante enganou o goleiro Diogo Silva e chutou no fundo do gol. 

Um fato inusitado chamou atenção. Isso porque aos 21' do primeiro tempo, o árbitro Flávio Rodrigues de Souza paralisou o jogo ao avistar uma faixa de protesto da torcida do Fortaleza contra o VAR e só continuou a partida após a mesma ser retirada.

Já no segundo tempo como esperado os times voltaram no mesmo ritmo, buscando jogo e criando oportunidades. O Ceará manteve a busca pelo empate e o Fortaleza mesmo com a vantagem não se acomodou, seguiu criando chances.

Os dois técnicos, tanto Rogério Ceni quanto Adilson Batista, conseguiram organizar as equipes dando ênfase ao estilo ofensivo, mesmo enfrentando problemas físicos dos atletas. No entanto, o Vozão parou nas grandes defesas de Felipe Alves e na tática do comandante adversário.

Com o triunfo de 1 a 0, o Fortaleza chega aos 39 pontos na tabela do Brasileirão e na faixa de classificação da Sul-Americana. O próximo confronto do Leão será contra o CSA no domingo (17), às 19h (horário de Brasília), na Arena Castelão.

O Ceará com a derrota estaciona com os 36 pontos, o time não corre risco de rebaixamento no momento, mas caso o Botafogo ganhe amanhã verá a distância da zona de rebaixamento cair para dois pontos. O Alvinegro visita a Chapecoense no próximo domingo (17), às 18h (horário de Brasília), na Arena Condá.

VAVEL Logo