Em clássico pegado, Flamengo e Vasco empatam no Maracanã com direito a confusão
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Clássico dos Milhões foi eletrizante. Flamengo e Vasco empataram por 4 a 4 no Maracanã, nesta quarta-feira (13). O Rubro-Negro abriu o placar no primeiro ataque, mas sofreu a virada ainda no primeiro tempo, quando ainda conseguiu buscar o empate. Na segunda etapa, as coisas se inverteram: O Cruzmaltino saiu na frente, sofreu a virada e empatou nos acréscimos.

Em jogo adiantado da 34ª rodada, em virtude da final da Libertadores entre Flamengo e River Plate no dia 23 de novembro, o Mais Querido recebeu o Vasco no Maracanã e não teve uma das suas melhores atuações. O Gigante da Colina, por sua vez, fez uma partida em alto nível. O jogo foi muito brigado, tendo 48 faltas e nove cartões amarelos (6 para o Flamengo e 5 para o Vasco).

O clássico jogado

O primeiro tempo começou a todo vapor. Logo no primeiro ataque, o Flamengo desceu com uma avalanche de jogadores e Everton Ribeiro inaugurou o placar aos 38 segundos de partida. A partir daí, era de se pensar que o Rubro-Negro dominaria completamente as ações de jogo e teria vida fácil para mais uma vitória, não foi o que aconteceu.

O Clube da Gávea relaxou e viu o Vasco equilibrar os ataques e por vezes ser mais perigoso. A vantagem no placar perdurou até os 34 minutos, quando Marrony arrancou em contra-ataque, deixou com Raul que cruzou na área para Marcos Junior; O meia apenas escorou, deixando Marrony livre para empatar a partida. Três minutos mais tarde, em lindo lance técnico, Pikachu foi derrubado na área por Rodrigo Caio. O árbitro Wilton Pereira Sampaio assinalou a penalidade, que foi convertida pelo próprio Pikachu. Virada Cruzmaltina.

O Flamengo ainda buscaria o empate na primeira etapa. Nos acréscimos, Gerson foi derrubado na entrada da área. Na cobrança, jogada ensaiada: Gabigol tocou para Rafinha, que tentou o cruzamento; Danilo Barcelos cortou, mas acabou mandando para o fundo das redes. Após o gol, o juiz apitou o fim da primeira etapa: 2 a 2 no placar.

"Mister Clássico e gol" do Ribamar

No segundo tempo, o Mengão começou pressionando, até que em outro contra-ataque, o Time da Colina marcou o terceiro gol. Aos 52', Pikachu encontrou Rossi em profundidade, o atacante cruzou para Marcos Júnior, que só teve o trabalho de empurrar a bola para a rede. A defesa do Flamengo parou para pedir impedimento, mas o gol foi legal.

Foi a vez, então, do Mister Clássico aparecer na partida: Bruno Henrique, o atacante marcou dois gols e virou a partida novamente. Aos 65', o vice-artilheiro do Flamengo na competição, arrancou no contra-ataque, tocou para Arrascaeta e se apresentou para receber na frente. O Uruguaio devolveu o presente e o Rubro-Negro empatou. 15 minutos depois, Vitinho deixou dois marcadores no chão e cruzou na área; Gabigol cabeceou mascado e a bola sobrou para o Mister Clássico virar o jogo.

Restando apenas 10 minutos, fora os acréscimos, para o fim da partida, o jogo parecia controlado. O Vasco continuou pressionando, mas não assustou muito. Já no terceiro minuto adicional, Ribamar invadiu a área e empatou dando números finais à partida. Ricardo Graça cruzou na confusão dentro da área, Henrique escorou de cabeça e Ribamar veio de trás para estufar as redes.

Confusão e desfalques

Após a partida, houve um princípio de confusão entre Ribamar e Pablo Marí, que desencadeou bate-bocas, empurra-empurra e xingamentos na zona central do gramado. O árbitro e as comissões técnicas de ambos os times conseguiram conter os ânimos.

Antes da partida, três jogadores do Flamengo estavam pendurados: Bruno Henrique, Gerson e Willian Arão. Todos receberam o terceiro cartão amarelo e estão fora do próximo jogo, contra o Grêmio, no domingo (17). Do outro lado, Yago Pikachu também estava pendurado e não enfrenta o Goiás, na próxima segunda-feira (18).

Os principais destaques da partida foram Bruno Henrique, pelo lado Rubro-Negro e Yago Pikachu, do lado Cruzmaltino. O primeiro foi decisivo marcando dois gols; Já Pikachu, marcou um e participou ativamente do terceiro.

Como fica a situação das equipes

O Flamengo segue na liderança, agora com 78 pontos e 11 de vantagem sobre o Palmeiras, mas perdeu a chance de ser campeão no próximo domingo - O Rubro-Negro precisava vencer as partidas contra Vasco e Grêmio, além de torcer por um empate do Palmeiras diante do Bahia. Para ser campeão, sem depender de ninguém, o Mengão precisa de mais sete pontos (duas vitórias e um empate) em cinco jogos que ainda lhe restam.

O Vasco agora está na primeira metade da tabela, com 43 pontos, o time começa a sonhar com uma vaga na sul-americana e precisa de apenas uma vitória para eliminar qualquer chance de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Flamengo vai até Porto Alegre, no domingo (17), enfrentar o Grêmio. Enquanto o Vasco recebe, no dia seguinte, o Goiás, em São Januário.

VAVEL Logo