Após empate, Rossi cutuca Fla: "Se o treinador do River assistir ao jogo vai tirar proveito"
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama

Flamengo e Vasco ficaram no 4 a 4 em clássico empolgante no Maracanã. Depois de sair atrás logo no primeiro minuto, o Cruzmaltino virou e sofreu o empate antes do intervalo. O time de Vanderlei Luxemburgo voltou à frente, tomou a virada e buscou o empate nos acréscimos do segundo tempo. Assim, o Gigante da Colina conseguiu parar o líder do campeonato. E Rossi cutucou.

Após o apito final, o atacante vascaíno alertou o River Plate, adversário do Flamengo na final Libertadores. Para Rossi, o treinador argentino Marcelo Gallardo tem que conversar com o comandante cruzmaltino Vanderlei Luxemburgo a fim de conhecer alguns pontos fracos do Rubro-Negro.

"Se o treinador do River [Plate] assistir ao jogo vai tirar proveito, ou então vai pegar o telefone do professor [Vanderlei Luxemburgo] antes da final da Libertadores contra o Flamengo", cutucou Rossi.

O placar de 4 a 4 foi o segundo empate do Flamengo no Maracanã na era Jesus, o outro foi diante do São Paulo (0 a 0), 12 jogos atrás. Além disso, vale ressaltar que o Vasco conseguiu finalizar mais a gol que o adversário: 6 a 4. Assim, o elenco cruzmaltino saiu de campo com moral elevada.

Em seguida, Rossi também exaltou a preparação para o jogo feita por Luxemburgo.

"A gente não merecia sair derrotado hoje [...] Muito orgulhoso de ser treinado pelo professor. Ele foi sinistro. Fez uma excelente estratégia. Colocou eu e Marrony nas costas dos volantes. Agora é almejar coisas maiores nesta reta final."

LEIA MAIS: Autor de dois gols, Bruno Henrique diz que Vasco queria ‘tumultuar o jogo’

Agora, na próxima rodada, o Vasco joga em casa, contra  o Goiás. Pontapé inicial marcado para as 12h do sábado (16). Com 43 pontos e na 10ª posição, a equipe de Luxemburgo ainda sonha com o G-6, que pode virar G-8 se o rival for campeão continental e o Athletico-PR ficar entre os sete primeiros.

VAVEL Logo