Brasil joga mal, Argentina triunfa com gol de Messi e conquista Superclássico das Américas
Foto: Reprodução/Seleção Argentina

Em pleno feriado nacional (Proclamação da República), a Seleção Brasileira não encantou os seus torcedores. No estádio Universitário Rei Saud, na Arábia Saudita, o Brasil tropeçou por 1 a 0 diante da Argentina, pelo Superclássico das Américas, nesta sexta-feira (15), Gabriel perdeu uma penalidade máxima, enquanto Lionel Messi definiu a vitória.

Albiceleste melhor nos pênaltis

 Foto: Lucas Figueiredo/CBF    

A partida começou disputada, com as duas seleções se estudando. Tudo mudou aos 8'. Alex Sandro invadiu a área, rolou para trás. Gabriel Jesus dominou e acabou sendo derrubado. O próprio atacante foi para cobrança, esperou Andrada cair e mandou à esquerda do gol. Cinco minutos depois, pênalti para a Argentina. Novamente, o lateral-esquerdo estava na jogada e cometeu falta em Lionel Messi. Alisson conseguiu defender o primeiro chute, mas a bola voltou no meio e o capitão apenas escorou.

Já nos acréscimos, o melhor do mundo deu aquela arrancada pelo meio, passou por Militão. Messi ganhou de Thiago Silva e finalizou cruzado. No entanto, o goleiro brasileiro encaixou com tranquilidade.

Alisson, melhor brasileiro em campo

 Foto: Lucas Figueiredo/CBF  

Sendo dominado pela Albiceleste, o Brasil não conseguiu ameaçar o grande rival. Decisivo, Alisson evitou mais gols dos argentinos. Aos 21', Messi cobrou falta frontal. O goleiro deu um tapá no alto e colocou para escanteio. A seleção canarinho tentou surpreender com Renan Lodi. O atleta dominou inversão no peito, cruzou fechado, porém, quase ia surpreendendo Andrada, que conseguiu segurar.

Em jogada área, Acuña disputou com Thiago Silva e cabeceou para baixo. O camisa 1 foi no meio da baliza e encaixou. Logo em seguida, Paredes soltou a bomba e Alisson espalmou.Nos minutos finais, Messi efiou para Otamenti na segunda trave. Militão desviou de leve e zagueiro acabou desperdiçando.

VAVEL Logo