Diagnosticada com câncer de mama, Presley e times da NWSL organizam leilão beneficente
Foto: Mark Thor / Orlando Pride

Diagnosticada com câncer de mama em julho deste ano, a defensora Toni Pressley passou por uma cirurgia um mês depois para remover o tumor. No final da temporada da National Women's Soccer League (NWSL), retornou aos gramados diante do Reign FC, em uma partida marcada pela conscientização da prevenção. 

Segundo a última pesquisa realizada pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC), o câncer de mama está entre os tipos que mais são descobertos. Para ajudar a todas as pessoas que possuem a doença, jogadoras dos times da NWSL organizaram um leilão para beneficiar o  Libby's Legacy,uma organização sem fins lucrativos baseada em Orlando, selecionada pelo defensora do Pride.

Para o evento, Foram distribuídas camisetas autografadas, chuteiras e itens exclusivos, como arte criada por jogadores e livros assinados. A  atual melhor atleta do ano  Megan Rapinoe, bicampeã da Copa do Mundo Alex Morgan, Sam Kerr, vencedora da chuteira de ouro da NWSL 2019 e seis vezes ganhadora do prêmio de melhor do munto, Marta foram das poucas selecionadas para doar itens à causa.

Na última quarta-feira (11), o Orlando Pride e o Chicago Red Stars anunciaram que um total de US$ 45.146 - equivalente a  R$ 184.580 milhões na cotação atual - foi arrecadado por meio da iniciativa de toda a liga para beneficiar o Libby's Legacy.

Além disso, foi criada uma mercadoria especial, uma oferta exclusiva de ingressos, com uma parcela dos lucros dedicados ao Libby's Legacy. 

O que é o Libby's Legacy?

Desde 2007, o Libby's Legacy fornece mais de sete mil serviços de saúde e diagnosticou mais de 155 pacientes com câncer de mama, muitos por meio da parceria da instituição de caridade com a Orlando Health e o Orlando Health UF Health Cancer Center. 

VAVEL Logo