Vasco tem 17 atletas com contrato chegando ao fim: veja a situação de cada um deles
Rossi foi titular do Vasco durante toda a temporada (Foto: Reprodução / Vasco)

O Brasileirão acabou e o Vasco começa a se planejar para a próxima temporada. E o maior objetivo neste momento é não cometer os mesmos erros de 2019, quando diversos jogadores foram contratados e poucos eram considerados indiscutíveis. 

Com o final da temporada, o Vasco negocia a renovação com o treinador Vanderlei Luxemburgo, para poder definir a situação dos jogadores em fim de contrato. Ao todo, são 17 atletas com vínculo se encerrando neste final de ano. Rossi, titular da equipe em todo o ano, puxa a lista dos atletas com contrato no fim. Veja a lista e a situação de cada um deles:

Jogadores com contrato até o final de 2019


Rossi

Um dos jogadores mais regulares do Vasco na temporada, Rossi foi o motorzinho do time e peça fundamental no esquema tático do técnico Vanderlei Luxemburgo. O jogador também se identificou muito em São Januário e tem a vontade de permanecer.

O empecilho neste caso é o Shenzhen, clube chinês que detém os direitos federativos do atleta. Os chineses fazem jogo duro e pedem um valor acima da realidade do Vasco para negociar. O Cruz-Maltino tentará um novo empréstimo.

Henriquez

O colombiano chegou ano passado e teve poucas oportunidades com o treinador Alberto Valentim. Esse ano, após a chegada de Vanderlei Luxemburgo, Oswaldo Henriquez Bocanegra teve enfim uma sequência e correspondeu. No Campeonato Brasileiro foram 27 jogos e um gol marcado.

O jogador está nos planos da comissão técnica, mas a renovação vai depender do pagamento da dívida que o Vasco possui com o atleta. O clube possui pendências salariais e, por enquanto, o processo de renovação está estagnado.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Fredy Guarín

Mais um colombiano com contrato chegando ao fim, Guarín chegou ao Vasco já na reta final do Campeonato Brasileiro, mas em pouco tempo já entrou nas graças da torcida.

Com um plano de carreira de atuar no futebol dos Estados Unidos, o jogador ficou mexido com uma possível permanência no Vasco. A negociação vai depender de acerto das pendências financeiras e a manutenção do treinador Vanderlei Luxemburgo.

Richard

O volante foi importante durante a temporada, mas não deverá permanecer. O Vasco não procurou os representantes do atleta para ampliar o vínculo de empréstimo e ele deve retornar ao Corinthians.

Clayton

Emprestado pelo Atlético Mineiro, o jogador teve pouco espaço em São Januário e já se despediu do clube nas redes sociais.

Felipe Ferreira

Após um imbróglio com o CRB, o jogador conseguiu se transferir para o Vasco e realizou, segundo ele, um sonho de infância. Com os direitos pertencentes a Ferroviária de Araraquara, o meio-campista ainda aguarda uma definição para saber se renovará seu contrato com o Cruz-Maltino.

Marquinho

Chegou para suprir uma carência do elenco por indicação de Vanderlei Luxemburgo, mas não correspondeu as expectativas e terminou o ano com pouquíssimo espaço. Está de saída.

Felipe Bastos

Reserva durante todo o ano, o jogador é muito querido por jogadores e funcionários. O técnico Vanderlei Luxemburgo também gosta do atleta, o que pode ser um denominador para sua permanência. Se adequar o salário, pode ter seu contrato renovado. 

Kaio Magno

Este já teve sua situação definida após o Campeonato Brasileiro. Irmão de Talles Magno, ele renovou seu contrato com a equipe por mais três anos. O jovem atacante ainda busca sua primeira oportunidade entre os profissionais.

Raul Cáceres e Danilo Barcelos

Os laterais chegaram no início do ano e logo assumiram a posição de titulares da equipe no Campeonato Carioca. Ao longo da temporada, no entanto, perderam espaço e terminaram o ano no banco de reservas. Não devem ter seus contratos renovados.

Valdívia e Sidão

Os dois jogadores não conseguiram deixar boas impressões em São Januário e saem sem deixar saudades ao torcedor. O meia retorna ao Internacional e o goleiro volta para o Goiás.

Bruno Ritter, Bruno Henricky, João Pedro e Michel

Não tiveram oportunidades durante a temporada e estão de saída. Com exceção de Michel, todos os outros são revelados em São Januário e estouraram a idade para atuar nos juniores. Devem ser liberados para procurarem outras equipes.

VAVEL Logo