André Jardine convoca Seleção Brasileira Sub-23 para disputa do
Pré-Olímpico
André Jardine, técnico da Seleção Brasileira Olímpica (Foto: Thaís Magalhães / CBF)

Na tarde desta segunda-feira (16), os jogadores que irão disputar o Torneio Pré-Olímpico em 2020 foram convocados pelo técnico da Seleção Brasileira Olímpica, André Jardine. A convocação foi realizada na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro/RJ. Com atletas até 23 anos, o treinador chamou 23 nomes para defender o Brasil no torneio que define as duas vagas destinadas à América do Sul para os Jogos Olímpicos de Tóquio, a serem disputados entre o fim de julho e o começo de agosto de 2020.

A principal dificuldade da comissão técnica no momento é conseguir a liberação dos clubes, brasileiros e internacionais, pelo fato de que o Pré-Olímpico, assim como as Olimpíadas não são Datas Fifa e as equipes não têm a obrigação de liberar os jogadores. Aí cabe o diálogo, a negociação e a vontade do atleta. Esses quesitos foram apontados pelo técnico da Seleção Olímpica.

“São três lados, o nosso, o do atleta e do clube. Falo especialmente sobre os atletas porque sentimos eles envolvidos e comprometidos, querendo vir. Muitos enfrentando dentro do clube certo desgaste. Os jogadores têm deixado claro com seus clubes que querem estar aqui, querem participar do projeto. Lado dos clubes é o terceiro. Tem interesses, competições, existe a colisão de interesse, de jogos. Temos tentado contar com bom senso de todos. O Pré-Olímpico não atinge número grande de jogos, pega antes e início dos Estaduais. Na Europa, pega alguns jogos. Alguns tiveram que pensar bastante e ainda pensam. A gente tem que defender com unhas e dentes e temos contado com jogadores. Quão grande é o projeto e ter seleção forte”, afirmou.

Dentre os jogadores convocados, destaques da temporada tanto no Brasil como em grandes cenários do futebol europeu. Antony (São Paulo), Pedrinho (Corinthians), Robson Bambu (Athletico), Reinier (Flamengo), Gabriel Martinelli (Arsenal) e Matheus Cunha (RB Leipzig) são alguns dos principais nomes. O Pré-Olímpico 2020 será disputado na Colômbia e o Brasil está no Grupo B, ao lado do Peru, do Paraguai, da Bolívia e do Uruguai. A estreia acontece no próximo 19 de janeiro, diante dos peruanos. Os dois melhores de cada grupo avançam a um quadrangular final. Nessa fase, os dois primeiros colocados garantem a vaga na Olimpíada. O Brasil é o atual detentor da medalha de ouro.

Comissão técnica da Seleção Olímpica | Foto: Thaís Magalhães/CBF
Comissão técnica da Seleção Olímpica (Foto: Thaís Magalhães/CBF)

Convocados

Goleiros – Cleiton (Atlético-MG), Ivan (Ponte Preta) e Phelipe Megiolaro (Grêmio);

Laterais – Emerson (Real Betis/ESP), Guga (Atlético-MG), Ayrton Lucas (Spartak Moscou/RUS) e Caio Henrique (Fluminense);

Zagueiros – Gabriel (Lille/FRA), Ibañez (Atalanta/ITA), Robson Bambu (Athletico) e Walce (São Paulo);

Meias – Bruno Guimarães (Athletico), Douglas Luiz (Aston Villa/ING), Igor Gomes (São Paulo), Matheus Henrique (Grêmio), Reinier (Flamengo) e Wendel (Sporting/POR);

Atacantes – Antony (São Paulo), Gabriel Martinelli (Arsenal/ING), Matheus Cunha (RB Leipzig/ALE), Paulinho (Bayer Leverkusen/ALE), Pedrinho (Corinthians) e Yuri Alberto (Santos).

VAVEL Logo