Fluminense faz oferta por Allan, renova com Pablo Dyego e sonda Henrique, do Cruzeiro
Foto: Mailson Santana/ Fluminense

Um dia depois de oficializar a permanência do lateral-direito e titular, Gilberto, o Fluminense segue trabalhando para manter suas principais peças do time. Com aval do treinador Odair Helmann, Pablo Dyego teve seu vínculo renovado por mais dois anos, e o clube intensifica as negociações com o Liverpool para a permanência do volante Allan.

Com limitações financeiras, e sem João Pedro e Yony González para 2020, o tricolor consegue assegurar um dos seus atuais atacantes no atual plantel. Mesmo sem ser titular, Pablo Dyego, de 25 anos, seguirá no Fluminense, com novo contrato, até 2021.

Formado nas categorias de base do próprio time, Pablo Dyego atuou fora do país por algumas temporadas, quando defendeu o Legia Varsóvia/POL em 2015, Otawa Fury/CAN em 2016 e o San Francisco Deltas/EUA, 2017. Há dois anos no seu atual clube, o jogador soma 35 partidas e 4 gols.

Foto: Mailson Santana/ Fluminense    

Allan

Sondado por alguns clubes do futebol brasileiro, incluindo o arquirrival Flamengo, o tricolor mantém negociação com o Liverpool para seguir contando com o volante para a próxima temporada. Com uma abordagem parecida com a recém aquisição feita pelo Gilberto, o Fluminense formaliza uma oferta por 50% dos direitos econômicos do jogador.

A oferta ainda que não tenha uma resposta oficial do clube inglês, dificilmente será aceita neste formato, pois o Liverpool já afirmou que deseja negociá-lo por 100%. Allan não tem o visto inglês, e enquanto esteve na Inglaterra, foi emprestado para clubes menores da Europa, bem como o Eintracht Frankfurt e Hertha Berlim na Alemanha, Sint-Truden, da Bélgica, e SJK, da Finlândia.

Negociações

Na época de planejar o elenco da próxima temporada, o Fluminense segue conversando com alguns clubes para adquirir novos jogadores e também emprestar, ou vender se necessário. O rumor mais forte do momento é o volante Henrique, do Cruzeiro. Ídolo e capitão da Raposa, aos 34 anos, a transferência do jogador pode ser oficializada nas próximas semanas, pois o atleta busca a rescisão amigável no atual clube.

Foto: Divulgação/Cruzeiro   

De saída, alguns atletas estão próximos de deixarem o tricolor. Nenê, que custa caro e terminou a temporada na reserva, tem sido procurado por alguns clubes da MLS e pode ser negociado. Além do meia, Yuri, que está perto de ter seu empréstimo expirado no clube, pode voltar ao Santos em 2020.

Por fim, resta ao tricolor concretizar as conversas com o Cruzeiro para manter o zagueiro e capitão, Digão, para o próximo ano. Rebaixado para a série B e com um planejamento de enxugar a folha salarial, o time mineiro deve liberar o jogador para o Fluminense.

VAVEL Logo