Guia #CariocaVAVEL | Parte III: como chega os grandes e expectativa para 2020
Maracanã será o palco da grande final (Foto: Reprodução / Maracanã)

O campeonato mais charmoso do país está de volta. Neste final de semana começa a 119ª edição do Campeonato Carioca. Com 12 equipes após a seletiva, a competição será dividida entre Taça Guanabara e Taça Rio com o mesmo regulamento dos últimos anos.

Atual campeão, o Flamengo disputará a Taça Guanabara com o time sub-20 e alguns reforços, visto que o time principal ainda está de férias devido a disputa do Mundial de Clubes em dezembro do ano passado. Dos quatro grandes, o Fluminense é quem segura o maior jejum. Não vence o Carioca desde 2012. Vasco e Botafogo tentam repetir as boas campanhas recentes, como as de 2015, 2016 e 2017, em que ambos decidiram o campeonato.

Abaixo, um resumo de como chegam os quatro postulantes ao título para o Cariocão 2020:

Botafogo


O Botafogo deu uma repaginada em seu elenco para esta temporada. O treinador Alberto Valentim recebeu nove atletas para encorpar seu elenco que perdeu 13 jogadores. Um grupo repaginado para buscar o 22° título do Campeonato Carioca.

Para este início de competição, a comissão técnica alvinegra selecionou 14 atletas para as duas primeiras partidas contra Volta Redonda e Madureira. Outros oito jogadores da base completam o grupo. O restante do elenco teve a pré-temporada esticada e só irá incorporar ao grupo na quinta-feira (23).

Quem chegou?

Foram nove contratações para a temporada. São eles: Luiz Otávio, Bruno Nazário, Guilherme Santos, Pedro Raul, Alexander Lecaros, Ruan Renato, Thiaguinho, Federico Barandeguy e Warley.

Quem saiu?

Deixaram a equipe em 2020: Gabriel, Rodrigo Pimpão, Diego Souza, Jean, Arnaldo, Valencia, Ezequiel, Rickson, Gilson, Kieza, Alan Santos, Renan Gorne e Victor Lindenberg.

Time base: Gatito, Fernando, Marcelo, Carli e Guilherme Santos; João Paulo, Alex Santana, Bruno Nazário e Luiz Fernando; Lucas Campos e Pedro Raul.

Fique de olho: o meia Bruno Nazário é a grande aposta do Botafogo para a temporada. O jogador que chega de empréstimo do Hoffenheim tem na velocidade e arrancada suas maiores características. No ano passado, pelo Athletico, foram 30 partidas, nenhum gol e duas assistências.

Flamengo


Atual campeão, o Flamengo vai em busca do bicampeonato sem as grandes estrelas que marcaram o ano rubro-negro em 2019 com os títulos da Libertadores e do Campeonato Brasileiro. Bruno Henrique, Arrascaeta e companhia só devem estar a disposição na Taça Rio. Enquanto isso, um time misto de garotos da base deve reforçar a equipe na Taça Guanabara.

Quem comandará a equipe neste início será o auxiliar Marcelo Salles. Ele será o responsável de conduzir os garotos do ninho no primeiro turno do estadual. Alguns reforços também devem jogar as primeiras partidas, assim que estiverem em condições de jogo.

Quem chegou?

Mesmo após reinar absoluto no futebol brasileiro e na América em 2019, o Flamengo se reforçou pontualmente para esta temporada. Seis jogadores foram contratados. São eles: Pedro Rocha, Gustavo Henrique, Michael, Pedro, Thiago e Thiago Maia.

Quem saiu?

Sem perdas importantes, o Flamengo negociou atletas com pouco espaço no plantel. Saíram: Rodinei, Rhodolfo, Berrío e Reinier. Este último, negociado com o Real Madrid por 30 milhões de Euros.

Time base: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luiz; Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.

Fique de olho: o atacante Thiago é uma das caras novas que o Flamengo contratou que vai disputar a Taça Guanabara. O jovem de 18 anos chega após se destacar no Náutico na temporada passada, com oito gols marcados em sua primeira temporada como profissional.


Fluminense


O Tricolor chega para a disputa do Campeonato Carioca com um longo jejum. Não vence a competição desde 2012. De lá para cá, chegou em uma final, mas perdeu para o Flamengo em 2017.

Para quebrar esse tabu, o Fluminense manteve a base do ano passado e contratou reforços pontuais para encorpar a equipe. Quem também chegou foi o treinador Odair Hellmann, que volta a equipe aonde foi jogador em 1999.

Quem chegou?

Fernando Pacheco, Hudson, Henrique, Egídio, Felippe Cardoso, Caio Paulista e Yago Felipe.

Quem saiu?

Ao todo, 14 jogadores deixaram o Fluminense após o fim da temporada passada, entre eles, atletas importantes. Saíram: Allan, Caio Henrique, João Pedro, Yoni Gonzalez, Daniel, Caio, Zé Ricardo, Wellington Nem, Lucão, Agenor, Airton, Brenner, Ewandro e Guilherme.

Time base: Muriel, Gilberto, Nino, Digão e Egídio; Hudson, Henrique, Nenê e Ganso; Fernando Pacheco e Marcos Paulo.

Fique de olho: o Peruano Fernando Pacheco é a aposta tricolor para a temporada. O atacante de apenas 20 anos, comprado junto ao Sporting Cristal, chega para suprir uma carência pelos lados do campo que se encontra desde a temporada passada. Conhecido por ser ágil e talentoso, o jogador está servindo a seleção peruana no Pré-Olímpico na Colômbia.

Vasco


O Vasco chegou em quatro das últimas cinco finais de Campeonato Carioca. E quer chegar em mais uma. Após perder o treinador Vanderlei Luxemburgo que se transferiu para o Palmeiras, o Cruzmaltino agiu rápido e trouxe o experiente Abel Braga para comandar a equipe.

Já o elenco foi bastante reformulado. De contratações, apenas uma, o atacante Germán Cano. Outros atletas voltaram de empréstimo e 22 jogadores já deixaram o clube. Além dos que saíram, outros podem sair. Rafael Galhardo, Cláudio Winck, Gabriel Félix e Bruno César foram avisados que não fazem parte dos planos para esta temporada.

Quem chegou?

O colombiano Germán Cano é a única contratação oficializada pelo Vasco até então.

Quem saiu?

Da lista, apenas Felipe Ferreira e Guarín ainda possuem chances de ficar, mas por enquanto estão sem contrato. Saem: Rossi, Oswaldo Henriquez, Clayton, Cáceres, Valdívia, Richard, Bruno Cosendey, Luiz Gustavo, Sidão, Marquinho, Felipe Bastos, Danilo Barcelos, Guarín, Felipe Ferreira, João Pedro, Bruno Ritter, Michel, Bruno Henricky, Dudu, Caio Monteiro, Halls e Guilherme Costa.

Time base: Fernando Miguel, Pikachu, Werley, Castan e Ramon; Bruno Gomes, Raul e Marcos Junior; Marrony, Talles Magno e Germán Cano.

Fique de olho: única contratação, Germán Cano chega com grande responsabilidade de ser o camisa 9 que a torcida tanto deseja. E se depender de suas últimas temporadas, o torcedor pode se manter esperançoso. No ano passado pelo Independente Medelín, o atacante de 31 anos marcou 35 gols em 39 jogos.

VAVEL Logo