Sem condições de receber torcedores, Campeonato Paraibano
tem início adiado
Foto: Divulgação/Botafogo-PB

Nos últimos anos, está cada vez mais complicado fazer uma dissociação entre polêmicas e futebol paraibano, principalmente no que se refere ao Estadual. Em 2020, ocorreu um novo imbróglio. A edição de número 110 do Campeonato Paraibano seria disputada a partir deste fim de semana, porém, com a impossibilidade de todos os estádios receberem torcedores, a rodada inicial foi adiada por alguns dias.

A decisão de não liberar a entrada de público partiu do Ministério Público da Paraíba depois de não haver liberação de laudos, haja vista a presença de irregularidades nos palcos esportivos dos clubes participantes. Por conta disso, os jogos tiveram dias e horários modificados, embora a Federação Paraibana de Futebol (FPF) ainda não tenha divulgado a tabela detalhada. Em nota oficial, a FPF “lavou suas mãos” ao afirmar que não está sob sua responsabilidade aprovar ou reprovar os estádios, além de deixar bem claro que torce para a situação ser resolvida o quanto antes.

Dessa maneira, o Estadual vai começar a ser disputado às 20h15 da próxima terça-feira (21), com Botafogo x São Paulo Crystal no Almeidão, em João Pessoa/PB, e Perilima x Sousa no Amigão, em Campina Grande/PB. Na quarta-feira (22), mais dois jogos às 20h15: Atlético x Nacional de Patos no Perpetão, em Cajazeiras/PB, e Treze x CSP em local ainda a ser definido. Na quinta-feira (23), Campinense x Sport estreiam na competição no Amigão, em Campina Grande/PB, às 20h15.

Abaixo, veja a nota divulgada pela FPF.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Caros torcedores e amigos do futebol paraibano,

Diante da impossibilidade de contar com a presença do torcedor nos jogos do fim de semana no Campeonato Paraibano, visto a não liberação das praças esportivas por parte do Ministério Público, a FPF decidiu adiar para o meio de semana a primeira rodada do estadual.

Tal medida tem como finalidade salvo-guardar o torcedor de seu direito mais precioso, que é de acompanhar o seu time na arquibancada. Ao mesmo tempo, a Federação reconhece a importância para os clubes de ter a receita da arrecadação na rodada de abertura.

Outrossim, que fique bem claro, a obrigação de aprovar e liberar os estádios para as competições oficiais nunca coube às federações, que apenas designa o local indicado pelos clubes. Trabalhamos desde agosto com o objetivo de auxiliar clubes e os administradores dos estádios, no sentido de termos todos eles aptos à prática esportiva ainda em novembro. Infelizmente, isso não foi possível.

À Federação, como promotora do Campeonato Paraibano, não resta outra medida a não ser adiar a rodada e ficar na esperança que a regularização ocorra para a segunda rodada, evitando maiores prejuízos aos clubes e/ou torcedores, além da própria competição. Sendo assim, segue em anexo as modificações.

VAVEL Logo