Fluminense bate Portuguesa, e Odair Hellmann elogia Miguel, meia de 16 anos: "Muito talentoso"
Gilberto comemora o segundo gol tricolor (Foto: Reprodução / Site Oficial Fluminense)

O Fluminense venceu a Portuguesa na noite desta quinta-feira (23) no Maracanã pela segunda rodada da Taça Guanabara pelo Campeonato Carioca. Nenê e Gilberto garantiram a segunda vitória do Tricolor das Laranjeiras na competição.

No próximo domingo (26), o Fluminense visita o Bangu no estádio de Moça Bonita e na quarta disputa seu primeiro clássico, contra o Flamengo no Maracanã.

E no primeiro tempo, o Fluminense não conseguiu emplacar seu ritmo de jogo e teve apenas 52% de posse de bola. O treinador Odair Hellmann falou sobre o comportamento da sua equipe na primeira etapa:

"Os tempos foram distintos. Os primeiros 20 minutos nós sentimos o ritmo, mas que está dentro da normalidade de uma equipe que está vindo de uma pré-temporada."

No segundo tempo, o Fluminense voltou com a entrada do garoto Miguel. E essa alteração mudou a dinâmica do jogo. A promessa Tricolor de 16 anos deu muita movimentação no ataque e fez bela jogada para o gol de Gilberto. Odair Hellmann se conteve, mas elogiou o atleta:

"Nós percebemos que nosso jogo precisava de um atleta com mais posse de bola, que preenchesse o meio campo. O Miguel entrou muito bem, com personalidade. Eu não gosto de personificar ninguém e fazer uma análise do grupo, mas o Miguel realmente entrou muito bem e tem que se destacar sua atuação. Garoto muito talentoso."

Odair também falou da atuação de sua equipe na segunda etapa:

"No segundo tempo nós criamos ainda mais duas ou três oportunidades de gols e o placar poderia ser ainda mais elástico. Então foi um bom jogo, estamos satisfeitos, mas vamos continuar trabalhando para melhorar", finalizou o treinador.

VAVEL Logo