Maurício Barbieri lamenta revés do CSA, mas acredita em evolução
nos próximos jogos
Maurício Barbieri, técnico do CSA | Foto: Augusto Oliveira/RCortez/CSA

A torcida do CSA estava com muita expectativa em ver o Azulão do Mutange em campo, ainda mais com o fato de ter estreado na temporada de 2020 com o pé direito. Porém, o resultado da noite deste sábado (25) foi um freio à empolgação. Pela estreia na Copa do Nordeste, no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, o Sport levou a melhor e venceu por 1 a 0. Após a partida, o técnico Maurício Barbieri concedeu entrevista coletiva e deu suas explicações sobre o que viu no confronto.

“O resultado não agradou, mas o desempenho sim. O CSA foi superior ao Sport. Após o gol, eles recuaram bastante. A gente tem cobrado a participação de todos nesse momento de criação. Evidente que o Renatinho tem capacidade de assumir isso de maneira diferente. Hoje ele foi bem marcado. A gente tentou explorar muito as laterais com o Bruno José, que é rápido, com o Jarro Pedroso. Fizemos algumas boas jogadas, mas não foi o suficiente para empatar o jogo”, disse.

Outro ponto questionado foi o goleiro Caíque. A torcida mostra descontentamento com alguns momentos de insegurança nos dois primeiros jogos na temporada. Embora não teve responsabilidade no gol do Sport, Barbieri afirma que existe a cobrança no arqueiro, além de haver diálogos pontuais para manter a atenção do jogador. O técnico azulino explicou que isso aconteceu durante o intervalo.

“Caíque tomou algumas decisões equivocadas. A gente conversou no intervalo e melhorou. Ele é ciente de que precisa melhorar, sabe disso, e vai ser cobrado nesse sentido. Mas a gente ainda está em início de temporada”, explicou o comandante marujo.

A comissão técnica do CSA deixa a entender que, além do pouco tempo de trabalho e do calendário concorrido, alguns jogadores ainda precisam estrear. A grande expectativa é o atacante Diego Maurício, que pode ser regularizado no início da semana junto ao Boletim Informativo Diário da Confederação Brasileira de Futebol (BID/CBF), para que possa atuar como principal referência ofensiva. O time volta a entrar em campo às 20 horas da próxima terça-feira (28), quando enfrenta o Jacyobá pela segunda rodada do Campeonato Alagoano no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL.

VAVEL Logo