Sport aproveita chances, bate CSA no retorno ao Nordestão e conquista primeira vitória em 2020
Foto: Francisco Cedrim/RCortez/CSA

Dois anos depois, o Sport voltou a disputar a Copa do Nordeste. Na estreia da competição regional, a equipe pernambucana enfrentou o CSA no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, na noite deste sábado (25). O início da temporada mostra várias deficiências, como o entrosamento e ritmo de jogo abaixo dos níveis esperados, principalmente no lado rubro-negro, que contou com a maioria dos reforços pela primeira vez. Ainda assim, o Leão da Ilha soube aproveitar melhor os lances ofensivos e venceu por 1 a 0, com gol marcado por Leandro Barcia.

Foto: Francisco Cedrim/RCortez/CSA
Foto: Francisco Cedrim/RCortez/CSA

O Sport começou o primeiro tempo com maior controle da bola, mas o CSA quem tinha mais presença efetiva no campo ofensivo. A primeira chance azulina veio aos seis minutos com Rodrigo Pimpão, que não foi bem no chute e Luan Polli defendeu. O lance mais claro ocorreu aos dez, quando Rafinha cobrou falta com força na meia-lua e o arqueiro leonino espalmou. A maior dificuldade pernambucana era passar pelo meio-campo adversário. Só conseguiu na reta final do primeiro tempo, quando Jean Patrick participou de tabela com Raul Prata e Yan e cruzou na área. Elton apareceu praticamente na linha do gol, mas a bola subiu.

No segundo tempo, o CSA assustou em uma finalização de Rafael Bilu. Fora da área no lado direito, o atacante chutou rasteiro e a bola passou muito perto do gol. Porém, o próprio jogador azulino participaria pouco tempo depois do lance capital do jogo. Aos quatro minutos, Bilu errou passe no meio de campo e o Sport avançou em contra-ataque pela esquerda até que Elton fez o cruzamento. Leandro Barcia, que veio sozinho desde a intermediária, subiu com liberdade e cabeceou sem chances de defesa para Caíque.

Logo após o gol, a partida ficou aberta, com bons lances a ambos os clubes. Primeiro o Sport chegou com Lucas Mugni. Depois de receber cruzamento de Leandro Barcia, o argentino chutou forte e Caíque defendeu. Na resposta do CSA, Gustavo Schutz deu chute frontal e assustou a defesa rubro-negra. Depois, as finalizações desapareceram. As modificações feitas por Maurício Barbieri não trouxeram a mobilidade no ataque esperada, enquanto Guto Ferreira se concentrou em manter o resultado e anular qualquer tentativa ofensiva oponente. Como os donos da casa não conseguiram mostrar força ofensiva e reação para buscar o resultado, a vitória foi do Sport.

Durante a semana, os times voltam a entrar em campo às 20 horas da próxima terça-feira (28), pelos respectivos Campeonatos Estaduais. O Sport enfrenta o Central de Caruaru na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata/PE, pela terceira rodada do Pernambucano. Por sua vez, o CSA irá medir forças contra o Jacyobá no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, pela segunda rodada do Alagoano.

MEDIA: 3VOTES: 1
VAVEL Logo