Mirassol surpreende e arranca empate do Corinthians
(Foto: Daniel Augusto/S.C.Corinthians P.)

Mirassol e Corinthians se enfrentaram, neste domingo (26), no José Maria de Campos, em Mirassol, pela segunda rodada do Campeonato Paulista de 2020. A partida terminou empatada em 1 a 1. Ramiro abriu o placar para o Timão, mas Camilo, em sua reestreia pelo Leão da Alta, deixou tudo igual. 

O Corinthians assustou logo aos sete minutos. O Mirassol tentou sair jogando na defesa, mas o Timão pressionou e recuperou a bola, e Richard finalizou de fora da área, obrigando Kewin a fazer uma bela defesa. 

Entretanto, os donos da casa assustaram aos nove. Após cobrança de escanteio ensaiada, Neto Moura recebeu na entrada da área e chutou de primeira. A bola saiu raspando pela trave de Cássio. 

O gol do Corinthians saiu logo aos 11 minutos de jogo. Lucas Piton cruzou pela esquerda e encontrou Boselli dentro da área. O atacante ajeitou, de primeira, para Ramiro, que chegou batendo e balançou as redes para o Timão

O Mirassol só voltou a assustar aos 22 minutos. Após cobrança de lateral, Enandes cruza e encontra Daniel Borges dentro da área, que chutou de primeira, mas a bola explodiu pela rede de fora. 

A partida seguiu com ambas as equipes errando passes e parando na defesa adversária. A outra chance de gol na partida só voltou a surgir aos 19 do segundo tempo. Ernandes cruzou e encontrou Luiz Otávio dentro da área para cabecear, mas a bola explodiu no travessão. 

Aos 26, mais uma chance do Mirassol. Maranhão cruzou para a área e Tiago Alves desviou de cabeça, mas Cássio fez uma ótima defesa e evitou o empate. 

Jogando bem e pressionando o Corinthians, não demorou muito para o Mirassol deixar tudo igual. Aos 29,  Ernandes cruzou, pela esquerda, e encontrou Camilo na área, que cabeceou com muita qualidade e deixou tudo igual. 

O próximo compromisso do Mirassol pelo Paulistão é diante o Guarani, na próxima quinta-feira (30), às 21h30, dentro de casa. Já o Corinthians volta a campo também na próxima quinta-feira, às 21h30, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli

VAVEL Logo