Com gol de pênalti nos acréscimos, Volta Redonda vence Bangu em Moça Bonita
Jogadores comemoram o gol de João Carlos Foto: André Moreira/Volta Redonda

Nesta quarta-feira (29), o Bangu recebeu o Volta Redonda pela quarta rodada do Taça Guanabara. O Esquadrão de Aço voltou para casa com a vitória pelo placar de 1 a 0, com pênalti cobrado por João Carlos, aos 47 minutos do segundo tempo. 

A partida no estádio Moça Bonita não foi brilhante para nenhuma das duas equipes. Sob forte calor, em jogo iniciado às 16h, Bangu e Volta Redonda encontraram dificuldades para levar perigo ao adversário. O Alvirrubro, no entanto, foi quem levou mais perigo.

Aos 27', Heitor salvou o Voltaço em uma finalização de Mariano, dentro da área. O centroavante recebeu de Rocha e tirou completamente do alcance de Douglas Borges. Mas o zagueiro estava lá para mandar para escanteio.

No segundo tempo, o Bangu seguiu pressionando e esteve perto de marcar aos 28, novamente com Mariano. Na pressão, o centroavante sobrou em boas condições, mas foi bloqueado por Oliveira, que impediu que a finalização chegasse ao gol livre. Aos 40', mais uma boa chance do Alvirrubro, com Robert, que recebeu cruzamento de Andrey e mandou para fora.

O Volta Redonda, que nada tinha a ver com as investidas desperdiçadas pelo dono da casa, acelerou o jogo nos minutos finais e João Victor, que entrou no segundo tempo, sofreu pênalti de Andrey. Na cobrança, o artilheiro João Carlos não desperdiçou. Bola para um lado, goleiro para o outro e o Voltaço só teve de segurar mais três minutos para sair de Moça Bonita com a vitória. 

Com a vitória, o Volta Redonda chega a nove pontos e assume a segunda posição do grupo B da Taça Guanabara. O próximo compromisso do Esquadrão é na segunda-feira, contra a Portuguesa, no Estádio Raulino de Oliveira. Já o Bangu fica, por enquanto, na quinta colocação do grupo A, com dois pontos. No próximo sábado, o Alvirrubro visita o Madureira, às 14h, no estádio Conselheiro Galvão.

VAVEL Logo