Ex-auxiliar técnico da Francana, Léo Santin acompanha Série A3 do Paulistão nos Estados Unidos
Foto: Reprodução/ASCom

A Série A3 do Campeonato Paulista já está na sua quinta rodada, e ainda é difícil destacar os favoritos ao acesso. Ex-auxiliar técnico da Francana, hoje comandando a equipe do United Soccer, nos EUA, Leo Santin mostra sua visão sobre a competição e revela para quem vai sua torcida.

“É uma competição sempre muito difícil (a A3) de disputar, times e jogadores buscando um espaço melhor no mercado. Eu acho que as equipes tradicionais vão brigar lá em cima, e acredito que Rio Preto, Marília e Comercial ainda podem subir na tabela, ainda tem muito chão pela frente, mas não vou esconder que minha torcida é para o Olímpia, porque o Alexandre Ferreira está lá, e eu conhecendo o trabalho dele de perto como eu conheço, sei da força que tem tanto na técnica e tática aplicada para cada partida, quanto no plantel que ele tem disponível para trabalhar”, comenta Leo Santin.

De longe, Leo tem acompanhado quase todos os jogos e afirma que nunca terá jogo fácil para nenhuma das equipes.

“Não tem essa de que uma partida ou outra será fácil. A A3 é competitiva, todos querem subir, mas são apenas duas vagas, então é sangue nos olhos, jogar futebol e cada time mostrar o seu profissionalismo. Não há jogo fácil para nenhuma equipe”, finaliza.

VAVEL Logo