Com passagens por Chapecoense e Flamengo, volante Márcio Araújo é contratado pelo CSA
Foto: Divulgação/Chapecoense

Em menos de 24 horas, o início de semana do CSA começou com derrota para o Botafogo da Paraíba, a entrevista do presidente Rafael Tenório, a saída do diretor de futebol Fabiano Melo e uma reunião entre todos os integrantes do grupo azulino para acalmar os ânimos e manter a confiança no trabalho. Um novo ingrediente foi a contratação de mais um jogador para a sequência da temporada. Na tarde desta segunda-feira (17), o experiente volante Márcio Araújo foi oficializado como atleta do clube. O jogador tem 35 anos e disputou a Série A do Campeonato Brasileiro em 2019 pela Chapecoense.

Nascido no Maranhão, Márcio Araújo começou nas categorias de base do Mogi Mirim, em 2001. Em 2003, teve uma rápida passagem pelo Sub-20 do Corinthians Alagoano. Em seguida, se juntou aos juniores do Atlético-MG, onde foi promovido ao time profissional e deu passos mais firmes no futebol. Além do Galo, atuou no Guarani, no Kashiwa Reysol/JPN, no Palmeiras, no Flamengo e na Chapecoense antes de chegar ao Azulão do Mutange. Tem como características a precisão nos passes e o desarme. Fato interessante sobre a carreira do novo reforço marujo é que, com exceção no Kashiwa Reysol e no Guarani, o volante passou mais de um ano nos grandes clubes do Brasil. Foram quatro temporadas no Verdão, quatro no Mengão e duas na Chape. Na equipe catarinense, disputou 55 jogos e marcou um gol. Em toda a carreira, são 717 partidas e 16 tentos assinalados.

Foto: Divulgação/Chapecoense
Foto: Divulgação/Chapecoense

Caso o nome de Márcio Araújo apareça no Boletim Informativo Diário da Confederação Brasileira de Futebol (BID/CBF), o volante pode entrar em campo já na noite da quarta-feira (18), quando a equipe alagoana enfrenta o Bahia às 19h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, em busca da primeira vitória na Copa do Nordeste 2020.

Leia mais sobre o CSA

Victor Paraíba cita atenção e inteligência para CSA obter primeira vitória no Nordestão

+ Jean Cléber afirma que jogo contra Bahia é fundamental para reabilitação do CSA

VAVEL Logo