Estrela de Gatito brilha nos pênaltis, e Botafogo avança na Copa do Brasil sobre o Náutico 
Divulgação / Botafogo

No aguardo pela definição da contratação de Yaya Touré, o Botafogo avançou para a terceira fase da Copa do Brasil após vencer o Náutico, nos pênaltis. O goleiro Gatito Fernández mais uma vez assumiu o protagonismo e defendeu duas penalidades para o Glorioso depois do confronto ficar no 1 a 1 durante o tempo regulamentar.

O Timbu começou a partida tentando tomar as iniciativas. Com muita movimentação e velocidade, o Náutico chegou com perigo logo nos primeiros minutos de jogo. Já o Botafogo encontrava dificuldade na construção das jogadas e cedia espaço para os contra-ataques da equipe de Recife. Nos instantes finais do primeiro tempo, o uruguaio Guilhermo Paiva fez boa jogada na ponta e encontrou Jean Carlos em boas condições para abrir o placar no Estádio dos Aflitos.

Botafogo mais agressivo no segundo tempo

Na etapa final do confronto, a equipe alvinegra veio com uma postura diferente para o campo. O treinador Paulo Autuori, estreante da noite, promoveu a entrada de Pedro Raul no lugar de Cícero, que apesar de duas oportunidades no primeiro tempo, não teve grande atuação. O camisa 17, que era dúvida para o duelo, entrou bem na partida e teve participação importante no gol de empate do Botafogo. O atacante acertou um cruzamento na medida para Bruno Nazário, de cabeça, deixar tudo igual e levar o resultado para os pênaltis. 

Após sofrer o gol, o Náutico ainda tentou sair atrás e botar pressão na zaga alvinegra, desperdiçando duas grandes oportunidades. Uma delas defendidas por Gatito, em chute frontal e a outra pelo veterano Jorge Henrique, ex Botafogo. O atacante recebeu livre embaixo da trave, mas furou a bola, perdendo uma grande chance. Já o Glorioso insistia na jogada aérea, mas sem êxito não conseguiu a vitória no período regulamentar de jogo.

Estrela de Gatito

Se durante os 90 minutos Gatito já havia feito atuação segura, nas penalidades o goleiro paraguaio foi, novamente, o herói da classificação após defender as cobranças de Ronaldo Alves e Paiva. Pedro Raul, Alex Santana, Bruno Nazário e Danilo Barcelos converteram suas cobranças, enquanto Luiz Fernando parou nas mãos do arqueiro Jefferson. Já para o lado do Náutico, apenas Jean Carlos, Jhonnatan e Josa marcaram.

Com o resultado, o Botafogo garantiu sua permanência para a terceira fase da Copa do Brasil e aguarda o vencedor entre Paraná e Bahia de Feira. Já o Timbu se despede da competição e volta a atuar contra o Central, pelo Estadual Pernambucano.

VAVEL Logo