Leo Costa realça duelo entre Portuguesa Santista e São Bernardo decidido 'nos detalhes'
Divulgação/Portuguesa Santista

Tem duelo de peso neste fim de semana pela A2 do Paulista. Portuguesa Santista e São Bernardo se enfrentam neste sábado, às 15h, pela oitava rodada da competição. Jogo importante que coloca o vencedor um passo à frente para o acesso. 

Portuguesa e São Bernardo ocupam respectivamente segundo e terceiro lugar na tabela. Os três primeiros colocados estão empatados com 14 pontos. 

Para o meia Leo Costa o duelo é de extrema importância para definir quem sobe para a A1 do Paulista. Apenas os dois melhores times da competição sobem para a elite do futebol estadual. 

"Jogo muito importante para nós. Nosso time vem de uma crescente nos últimos jogos e espero que possamos noa manter assim e dar sequência ao trabalho. Sabemos que o São Bernardo tem uma ótima equipe e a prova disso é a classificação". 

O atleta acredita que o jogo não será fácil e, por isso, a equipe precisa se mostrar atenta nas pequenas coisas que podem influenciar no jogo. 

“Creio que será um jogo decidido nos mínimos detalhes, então vamos entrar atentos do começo ao fim. Um jogo que vale a parte de cima da tabela, lugar que queremos manter e se possível buscar o topo, claro sempre respeitando a equipe adversária”. 

A Briosa vem a 6 jogos consecutivos pontuando na tabela e conquistou 14 dos 21 pontos disputados até aqui. Média de 66,66%. Leo valoriza a marca e entende que o fato se da ao crescimento da equipe durante a competição e a invencibilidade chegou naturalmente nas arquibancadas do Estádio Ulrico Mursa. 

“É uma marca importante. O time cresceu durante a competição e a invencibilidade foi algo que aconteceu naturalmente. Espero que possamos manter essa invencibilidade porque, mantendo-a, é sinal que só vamos subir na tabela”. 

Perguntado sobre o que pode ser considerado o diferencial na equipe da baixada, Leo Costa optou por não ficar mal com ninguém do setor ofensivo ou defensivo. O meia de 33 anos elogiou  todo o elenco e o trabalho desempenhado pela comissão técnica do professor Sérgio Guedes. O meia já trabalhou anteriormente com o comandante. 

“Os dois (defesa e ataque) são fortes. O ataque vem fazendo bem seu papel, ajudando com gols e também na marcação. A defesa tem sido muito segura e estamos conseguindo conquistar os resultados sem sofrer grandes ameaças durante os jogos”.

VAVEL Logo