Santos e Palmeiras apenas empatam sem gols pela oitava rodada do Paulistão 
Felipe Jonatan e Gabriel Menino disputando a bola na primeira etapa (Foto: Palmeiras/César Greco)

Santos e Palmeiras se enfrentaram neste sábado (29), no Pacaembu, pela oitava rodada do Campeonato Paulista de 2020. Sem grande atuação das equipes, a partida terminou empatada em 0 a 0

Primeiro tempo apático 

Nenhuma das equipes criou alguma chance clara de gol nos primeiros 15 minutos de partida, mas o Santos chegou foi o primeiro time que chegou a assustar nesse período. Felipe Jonatan deu uma “caneta” no Gabriel Menino, partiu para a linha de fundo e mandou para área. Quando Eduardo Sasha foi finalizar, Gustavo Gómez dividiu com o atacante santista e afastou o perigo. A torcida ainda pediu pênalti, mas a arbitragem mandou seguir. 

O Palmeiras até teve uma oportunidade de ter uma chance clara de gol. Aos 12, o time de Vanderlei Luxemburgo criou um belo contra-ataque, mas Raphael Veiga segurou demais a bola e desperdiçou o lance. Entretanto, Felipe Jonatan saiu jogando mal e Zé Rafael recuperou a bola na entrada da área. O meia preferiu finalizar, mesmo com Dudu e Luiz Adriano como opções dentro da área para o passe. O chute de Zé Rafael foi bloqueado por Lucas Veríssimo. 

O primeiro e único chute do Santos em direção ao gol no primeiro tempo aconteceu somente aos 35 minutos. Em cobrança de falta perto da área, Carlos Sánchez cobrou no canto de Wéverton e o goleiro mandou para escanteio de manchete.

A melhor chance do Palmeiras na primeira etapa foi aos 40 minutos. Dudu cobrou escanteio e encontrou Gustavo Gómez dentro da área. Sem marcação, o zagueiro subiu sozinho, mas cabeceou por cima do gol. 

Segundo tempo polêmico  

Não demorou nem dez minutos para o Palmeiras ter sua primeira oportunidade de gol na segunda etapa. Aos oito, Willian recebeu no meio de campo e disparou em direção ao gol. Sem opções para distribuir o jogo, o camisa 29 fuzilou para gol, mas a bola explodiu pela rede do lado de fora.

Logo na sequência, Rony, em posição legal, recebeu lançamento dentro da área, tentou dar um chapéu em Pará, mas a bola explodiu no braço do lateral-direito. O juiz marcou pênalti, mas o assistente anulou o lance, alegando que o camisa 11 do Palmeiras estava em posição irregular. 

O Santos quase tirou o empate do placar aos 18 minutos. Diogo Barbosa tentou afastar lançamento, mas pegou mal na bola e ajeitou para Eduardo Sasha na entrada da área. Livre de marcação, o atacante finalizou de primeira e a bola tirou tinta da trave direita de Weverton.

Aos 31 minutos, Dudu encontrou Willian dentro da área e o atacante palmeirense finalizou. Everson espalmou para trás, e a bola sobrou dentro da pequena área para Rony, sem marcação, empurrar de cabeça para o fundo do gol. Todavia, a arbitragem anulou corretamente o gol, já que o estreante do Palmeiras estava em posição irregular após a finalização de Willian.

O Palmeiras chegou mais uma vez aos 39. Após o Santos desperdiçar uma oportunidade de inaugurar o marcador, os visitantes puxaram contra-ataque e Willian recebeu dentro da área. O atacante finalizou cruzado e a bola passou raspando no gol de Everson. 

Como que fica?

Com o empate, o Santos solidificou-se na primeira posição do Grupo A, com 13 pontos, três a mais que o Água Santa que ocupa a segunda colocação. 

Já o Palmeiras se mantém na segunda posição do Grupo B, com 17 pontos, dois a menos que o Santo André

Próximos desafios 

O próximo compromisso do Santos é na próxima terça-feira (3), às 19h15, fora de casa, contra o Defensa y Justicia, pela Copa Libertadores

O Palmeiras também estreia na Copa Libertadores na próxima semana. A equipe alviverde encara o Tigres, da Argentina, na próxima quarta-feira (4), às 19h15, fora de casa. 

VAVEL Logo