América de Cali x Grêmio: contextos opostos em estreia no Grupo E da Libertadores 
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Nada de Campeonato Gaúcho, nada de Brasileirão, nada de Copa do Brasil. O papo agora no Grêmio é Libertadores da América. Para repetir as glórias de 1983, 1995 e 2017, a equipe de Porto Alegre começa a caminhada nesta terça-feira (3), às 21h30 (de Brasília) diante do América de Cali, na Colômbia. Dessa forma, Renato Gaúcho tem a responsabilidade de redirecionar o foco de seu elenco após perder o primeiro turno do Estadual. Mas em casa, os Diablos Rojos querem seguir com a reestruturação.

Figurando na segunda divisão colombiana de 2011 a 2016 devido a crise financeira e administrativa, o América de Cali se reergueu conquistando o título nacional ano passado. Agora, em 2020, o foco é se restabelecer e voltar aos tempos áureos da década de 1990.

América de Cali com quatro desfalques importantes

Para a estreia, o treinador brasileiro naturalizado costa-riquenho, Alexandre Guimarães, terá quatro desfalques importantes no time titular. O capitão Juan Pablo Segovia se machucou dia 21/02, contra o Ind. Medellín, ainda não se recuperou 100%, mas é dúvida; o volante Luis Paz está com fadiga muscular; meio-campista destaque do time, Rafael Carrascal perderá as duas primeiras rodadas por ter sido expulso contra o Tolima na Copa Sul-Americana 2019; e o atacante Adrián Ramos também não está disposição devido à lesão muscular na coxa direita.

Provável escalação do América de Cali (4-4-2): Chaux; Arrieta, Torres, Segovia e Velasco; Cabrera, Jaramillo, Sierra e Pisano; Vergara e Rangel. Técnico: Alexandre Guimarães.

Grêmio quase completo

Você lembra qual foi o último jogo do Grêmio pela Libertadores? Sim, foi aquele 5 a 0 para o Flamengo na semifinal da edição passada. É claro que existe o "ano novo, vida nova", mas o Tricolor Imortal visa reacender a chama da competitividade continental. Para isso, o treinador Renato Gaúcho deve estrear com uma mudança feita na vitória sobre o Juventude no Estadual: Caio Henrique no lugar de Bruno Cortez na lateral-esquerda.

Zagueiro Kannemann ainda não se voltou de lesão. Sem estar 100% fisicamente, Thiago Neves é outro que não joga e dá espaço para trio de volantes. Já Matheus Henrique e Everton Cebolinha se recuperaram de dores no tornozelo.

Provável escalação do Grêmio (4-5-1): Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, David Braz e Caio Henrique (Cortez); Lucas Silva, Alisson, Matheus Henrique, Maicon e Everton; Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi.

Em 2020...

Os Diabos Vermelhos de Cali já entraram em campo 10 vezes. No início, a invencibilidade de seis partidas animaram a torcida, mas nos últimos quatro jogos, foram duas derrotas, um empate e uma vitória. Ao todo em 2020, são cinco vitórias, três empates e dois reveses. Com os mesmo número de 10 jogos no ano, o Grêmio ainda não empatou: seis vitórias e quatro derrotas.

VAVEL Logo