Santos sai atrás, busca virada no fim e bate Defensa y Justicia pela
Libertadores
Foto: Reprodução/ Santos Futebol Clube

A estreia da fase de grupos da Copa Libertadores reservou uma vitória de virada do Santos diante do Defensa y Justicia, na primeira rodada do Grupo G, que aconteceu na última terça-feira (3), no Estádio El Tito.

De frente ao veloz time armado por Hernán Crespo, o Peixe sofreu para reverter a desvantagem do placar, mas com gols de Jóbson e Kaio Jorge, ambos saindo do banco de reservas, o time de Jesualdo soma os três primeiros pontos na competição.

No acanhado estádio Norberto Tomaghello, dentro da Província de Florencio Varela, em Buenos Aires, o Santos estreava com uma missão complicada fora de casa. O vice-campeão da Superliga Argentina 2018/19 começou implacável no confronto, e apoiando-se nos contra-ataques.

Juntamente do auxílio das bolas paradas o time de Crespo saiu na frente do marcador no último minuto da primeira etapa, com a cabeçada de Juan Rodríguez, após o escanteio cobrado por Neri Cardozo.

Foto: Reprodução Defensa y Justicia
Foto: Reprodução Defensa y Justicia

A pressão do Defensa y Justicia na primeira etapa, foi fundamental para a vantagem no marcador para os mandantes, porém a história ganharia um outro rumo após o treinador português Jesualdo Ferreira utilizar seu banco de reservas.

Com cartão amarelo, Evandro, que na partida atuou como volante, deu lugar à Jóbson, enquanto Kaio Jorge substituiu Yuri Alberto pouco depois. Aos 28 minutos da segunda etapa, com assistência de Soteldo, Jóbson igualou o marcador, com o gol também de cabeça.

Nos cinco minutos finais, a partida que ganhava cenário dramático, pois ambas equipes abusavam da ofensividade, apesar de não converter oportunidades em gols, o Santos levou a melhor com um veneno criado pelo próprio Defensa y Justicia, o contra-ataque.

Cara a cara com o goleiro Ezequiel Ulsain, Kaio Jorge arrastou a defesa adversária, e com muita velocidade, finalizou debaixo do goleiro para sacramentar a vitória do Peixe em sua estreia da Libertadores.

Apesar do domínio na posse de bola, com 60%, e o dobro de finalizações do Santos, com 14 chutes, o Defensa permanece zerado no grupo G.

O Santos volta aos gramados pela Libertadores na próxima terça-feira (10), quando enfrenta o Delfín, às 19h15! O Defensa visita o Olímpia na quarta-feira (11), às 21h30.

VAVEL Logo